fbpx

Banco do Brasil revela detalhes da chegada do novo sistema de pagamentos PIX

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O Banco do Brasil é mais um banco que anunciou a chegada do PIXnovo sistema de transferência bancária brasileiro, que permitirá que o cliente faça transferências e pagamentos em segundos, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano. Ele estará disponível no BB em novembro, mês de lançamento do PIX pelo Banco Central.

Banco do Brasil Pix


Como funciona o PIX no Banco do Brasil?

O Banco do Brasil divulgou um passo-a-passo de como que o novo método de pagamento irá funcionar para clientes do banco. Serão três formas diferentes para usar o PIX:

  • Com QR Codes estáticos ou dinâmicos;
  • Informando diretamente os dados bancários (agência, conta, CPF/CNPJ) de quem vai receber o pagamento. Algo parecido com a forma com que o DOC e a TED funcionam hoje;
  • Usando uma Chave PIX.

O que são QR Codes estáticos ou dinâmicos?

O QR Code estático poderá ser utilizado em múltiplas transações, como entre duas pessoas, por exemplo. Ele permitirá a definição de um valor fixo para um produto ou a inserção do valor pelo pagador.

Já o QR Code dinâmico apresentará informações diferentes a cada transação e permitirá que dados adicionais sejam inclusos. Por isso, ele poderá ser usado para pagamento de compras em um supermercado ou restaurante, por exemplo, onde os valores das transações variam mais.

O que são as “chaves” do PIX?

Esta é uma das grandes inovações do PIX. Você vai poder cadastrar uma espécie de “apelido” para as suas contas bancárias. Esse apelido pode ser um número de celular, e-mail, CPF ou CNPJ.

Chave cadastrada no Banco, pronto! Agora é só informar a chave escolhida pra quem vai te pagar, ou transferir uma quantia para você. E vale o mesmo na hora em que você for pagar ou transferir. Tudo o que você precisa perguntar é a chave da pessoa para quem você quer fazer um PIX.


O que precisa ser feiro para usar o PIX no Banco do Brasil?

Segundo o banco, é fundamental manter o seu cadastro no Banco do Brasil atualizado. Isso é necessário porque informações como e-mail, número de telefone, CPF ou CNPJ têm um papel fundamental na identificação dos usuários e das transações nesse meio de pagamento.

Por isso, o banco recomenda que você atualize o seu cadastro para estar pronto para usar a solução quando ela estiver disponível.

Se estiver no computador, acesse o internet banking e atualize o seu cadastro agora. Se estiver usando o celular, acesse a área de atualização cadastral no app do BB.


Perguntas frequentes

Como funcionam as transferências entre bancos hoje?

Atualmente, as pessoas contam com duas opções para enviar dinheiro para outras contas em qualquer banco: o DOC e a TED.

Com o DOC, você pode transferir dinheiro de uma conta para outra durante dias úteis, desde que a transferência seja realizada até as 22h e não ultrapasse o valor máximo de R$ 4.999,99. Se todas as informações estiverem corretas, o dinheiro é disponibilizado na conta de destino no dia útil seguinte.

A TED também é realizada somente em dias úteis. Mas, se você transferir dinheiro de uma conta para outra até as 17h, o crédito acontece no mesmo dia. Nesse caso, não existe limite de valor.

As duas modalidades funcionam apenas em dias úteis. Por isso, transferências feitas durante fins de semana ou feriados só ficam disponíveis na conta no próximo dia útil.

Quando posso começar a usar o PIX?

O PIX foi anunciado em fevereiro de 2020 e poderá ser utilizado por todos os brasileiros a partir do início de novembro de 2020.

O PIX é mais barato?

Sim! O PIX é um Sistema de Pagamentos Instantâneos pensado para melhorar a experiência do cliente e ampliar o número de pessoas com acesso ao universo financeiro. Por isso, nasce com a ideia de ser mais barato do que a TED e o DOC.

O PIX funciona todos os dias mesmo?

Sim! O PIX funciona todos os dias do ano, 24 horas por dia, e 7 dias por semana. Você faz a transação e, em alguns segundos, o dinheiro já chegou ao destino.

É o fim da TED e do DOC?

Não! O PIX vem para somar, não para substituir. É claro que, por ser mais barato e funcionar todos os dias do ano, a tendência é que ele seja mais usado a partir do seu lançamento.

Se eu fizer um PIX, mas digitar alguma informação errada, é possível fazer o estorno ou o cancelamento da transação?

Você poderá alterar o valor a ser pago ou cancelar a transação apenas antes de confirmar o pagamento. Após a confirmação, como a liquidação do PIX ocorre em tempo real, a transação não poderá ser cancelada. No entanto, você poderá negociar com o recebedor a devolução do valor pago, tanto de forma parcial como total.

O que acontece se eu fornecer informações incorretas em um PIX?

Ao tentar realizar um PIX, se algum erro ocorrer, você será alertado sobre o motivo pelo qual a transação não pôde ser efetivada. Se a situação que originou o erro for normalizada, você poderá tentar novamente.


O novo serviço do Banco Central promete muito mais rapidez, agilidade em transações bancárias. O Santander, Bradesco e o Itaú também já anunciaram mais detalhes da integração com o PIX.

Além disso, com a chegada do serviço, outras instituições também permitirão que contas sejam pagos pelo PIX. Conforme publicamos anteriormente, a Aneel anunciou que quando lançado, o serviço do Banco Central poderá ser usado para pagar contas de luz.

O PIX só começa a funcionar em novembro. Mas, antes disso, a partir de outubro, você já vai poder adicionar suas chaves no BB.

Para mais informações sobre o PIX no Banco do Brasil, clique aqui

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.