fbpx

Como voltar das Olimpíadas de Tóquio voando como um campeão?

Notícias

Por Raimundo Junior

Para os nossos atletas que ainda estão do outro lado do mundo, temos uma dica: ainda dá tempo de voltar pra casa, com o conforto que vocês merecem, como nessa bela Primeira Classe da Lufthansa mostrada na imagem abaixo, sem gastar uma fortuna.

Desde o início das Olimpíadas, uma cena que tem chamado a atenção de nós, apaixonados por aviação e que sabemos como viajar muito bem, sem ter que gastar fortunas, é a dos nossos atletas de ponta atravessando o mundo em voos cansativos, em Classe Econômica. Se fossem nossos leitores assíduos (rs), (baixem nosso app e assinem nossa newsletter), muitos poderiam estar viajando numa das cabines que mostramos aqui, gastando, talvez, menos do que foi pago em passagens em Classe Econômica.


Dá pra voar com conforto e estilo, pagando pouco

Que fique claro que não estou defendendo que o COB invista rios de dinheiro (em parte) público, para levar toda a delegação brasileira para as próximas olimpíadas em Classe Executiva, afinal, há outras prioridades para se investir no esporte.

Apenas de atletas, temos mais de 300. Entre treinadores e equipes, certamente o número passa de mil integrantes.

O que nossa brincadeira quer, é chamar a atenção dos nossos leitores (que incluem os atletas) que se interessem em aprender a realizar essas mesmas viagens, voando em Classe Executiva (ou até mesmo Primeira Classe), provavelmente pagando menos que se pagou pelos deslocamentos em Classe Econômica para os jogos de Tóquio.

Aliás, viajar em cabines premium, além de luxo, traz conforto e descanso que pode ter impacto positivo no desempenho dos atletas de alto rendimento.

Certamente, uma ou duas noites bem dormidas em poltronas full-flat bed (cama), numa viagem dessa magnitude, vai permitir que o atleta chega mais descansado e atenuará os efeitos do jet-lag.


Ainda dá tempo aproveitar a volta de Tóquio

Embora saibamos que um dos principais segredos para ter sucesso nos resgates com milhas e pontos, é emitir os bilhetes o mais cedo possível, há raras exceções, como os resgates em First da Lufthansa.

Fizemos uma pesquisa rápida e pudemos constatar que ainda dá tempo para parte dos nossos atletas que ainda seguem em Tóquio, voltar para o Brasil em Classe Executiva ou Primeira Classe, mesmo com todas as restrições de voos, que impactam negativamente na malha aérea.


Os resgates: Ouro, Prata e Bronze

Pra nossa brincadeira ter graça, vamos dividir as nossas sugestões em três medalhas: ouro, prata e bronze.

Vamos chamar de resgate ouro, o que permite fazer todos os voos intercontinentais entre Japão e Brasil, em Primeira Classe. Prata, o que tenha ao menos um voo em Primeira Classe e bronze, os resgates apenas em Classe Executiva.

Resgate Ouro

  • Cabine(s): Primeira Classe
  • Programa(s) de fidelidade: TAP Miles&Go
  • Voos: HND-FRA-GRU – Primeira Classe da Lufthansa
  • Custo: 180.000 milhas TAP Miles&Go

Ressalte-se que os valores mostrados nas fotos acima (site da United) não são referência para o nosso resgate, já que a TAP cobra 180.000 milhas para todos os trechos entre Ásia e América do Sul – essa é a tabela que utilizaremos.

Como os voos de Primeira Classe não são mostrados nas pesquisas online do TAP Miles&Go, as pesquisas no site da United são usadas para encontrar as disponibilidades. No exemplo acima, vemos que há apenas 1 vaga award no trecho Tóquio-Frankfurt, porém há 3 no trecho Frankfurt-São Paulo (se pesquisarmos somente esse trecho a parte). Lembrando que a Lufthansa só abre disponibilidade em First para parceiros, como é o caso do TAP Miles&Go, com 14 dias de antecedência da viagem (saiba mais sobre os detalhes de como fazer essa emissão).

Ambos os voos são operados na aeronave mais icônica da Lufthansa, que é o Boeing 747-800i.

Primeira Classe da Lufthansa no Boeing 747-800i

Embora não seja uma cabine full-enclosed como encontramos na Primeira Classe da Emirates, Etihad, Singapore ou ANA (novo modelo), a Lufthansa tem uma excelente, luxuosa e confortável cabine de Primeira Classe, com decoração de muito bom gosto e serviço de altíssima qualidade, passando pelo caviar aos vinhos e champanhes de padrão elevado.

Além disso, quando os serviços de solo forem devidamente retomados, o que está próximo de ocorrer, segundo apuramos, ainda será possível desfrutar do excepcional First Class Terminal em Frankfurt e até mesmo alugar um Porsche pagando apenas o seguro. Para ver com detalhes de como é voar na Primeira Classe da Lufthansa, leia o review completo aqui. Para ver o relato completo sobre a experiência de solo da Primeira Classe da Lufthansa, favor ler o excelente relato feito pelo Passageiro de Primeira Fábio Vilela.

Resgate Prata

  • Cabine(s): Primeira Classe + Classe Executiva
  • Programa(s) de fidelidade: American Airlines AAdvantage + TAP Miles&Go
  • Voos: HND-ORD (Primeira Classe da JAL) + ORD-GRU – Classe Executiva da United
  • Custo: 80.000 milhas AAdvantage + 50.000 milhas TAP Miles&Go

Nessa opção, conseguimos encaixar o primeiro trecho num longo voo na ótima cabine de Primeira Classe da JAL – Japan Airlines, no Boeing 777, entre Tóquio e Chicago. O voo seguinte, entre Chicago e São Paulo, é operado pelo Boeing 787-9 Dreamliner, que embora não tenha a frota 100% equipada com a nova Polaris, tem uma configuração bem melhor que a antiga Classe Executiva do Boeing 777.

Primeira Classe da JAL

Classe Executiva United Polaris

Resgate Bronze

  • Cabine(s): Classe Executiva
  • Programa(s) de fidelidade: TAP Miles&Go
  • Voos: NRT-IAH (Classe Executiva da ANA – All Nippon Airways) + IAH-GRU – Classe Executiva da United
  • Custo: 130.000 milhas TAP Miles&Go

No resgate bronze, temos um longo primeiro trecho na ótima cabine de Classe Executiva da ANA – All Nippon Airways, entre Tóquio e Houston, no 787-9 Dreamliner, e o segundo trecho, Houston-São Paulo, na excelente nova cabine de Classe Executiva United Polaris, que equipa o Boeing 777 que opera a rota.

Classe Executiva ANA – All Nippon Airways no Boeing 787-9 Dreamliner

Classe Executiva United Polaris no Boeing 777-200

Esses são apenas pequenos exemplos rápidos, mas ainda encontramos disponibilidade em voos pela Europa, voando com a Austrian Airlines + TAP, ou em resgates com mais conexões, mesclando os maiores sweetspots de Miles&Go e LATAM Pass (50 mil milhas TAP Miles&Go pra voar da Ásia para a África + 84 mil pontos LATAM Pass, pra voar na maravilhosa Classe Executiva da Qatar Airways entre África e Brasil).


Fatores a considerar

Altíssimo custo de passagens pagas: O post não tem qualquer tom de crítica à maneira responsável como o COB gere os custos de transporte das nossas delegações, que evidentemente teria um custo inviável, comprando passagens pagas em Classe Executiva ou Primeira Classe. Apenas para se ter uma idéia, a viagem “ouro”, com os dois trechos na Primeira Classe da Lufthansa, custaria R$43.800, o que é inviável;

Inviabilidade de emissão de passagens Award para tantos passageiros (apenas os atletas olímpicos foram mais de 300 em Tóquio): Como sabemos, as vagas para resgatar passagens prêmio com milhas e pontos são bastante limitadas. Mesmo sabendo que os atletas não viajam no mesmo dia, porque cada um vai/volta às olimpíadas de acordo com a data em que vai competir, seria muito improvável que se conseguisse encaixar todos os nossos representantes (ainda que se consderem  apenas os atletas), em Classe Executiva ou Primeira Classe, em emissões com milhas e pontos;

Brincadeira educativa: o post, em verdade, é uma “boa brincadeira”, para mostrar que é possível fazer viagens incríveis, mesmo para o outro lado do mundo, com gastos bastante acessíveis, usando o conhecimento de como acumular milhas e pontos a baixo custo. Para saber melhor sobre esses custos, sugiro acompanhar a nossa série Resgates de Primeira, onde mostramos toda sexta-feira um excelente resgate usando milhas/pontos, e mostramos detalhadamente os custos de geração dessas milhas e pontos.


Comentário

Essa rápida análise, de como nossos principais atletas poderiam estar viajando com muito mais luxo, conforto e conveniência, provavelmente gastando menos, serve para dimensionar o tamanho dos nossos ganhos, em usar o conhecimento nesse microssistema de milhas, pontos e programas de fidelidade, para viajar sempre em grande estilo. Nesta modalidade, o PP é campeão!!

Você já fez algum dos resgates acima? Como foi sua experiência?

Hotéis com Desconto + Selos
Hotéis com Desconto + Selos
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2022!
Hotéis com Desconto
Hotéis com Desconto
8% de desconto em estadias até 31 de março de 2022!
Seguro Viagem com Desconto
Seguro Viagem com Desconto
Desconto especial no seu Seguro Viagem!
Compras com Desconto
Compras com Desconto
5% de desconto em itens vendidos e entregues pelo Magalu!
Clube de Milhas
Clube de Milhas
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Ver todos os cupons

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

10 anos! O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.