fbpx

Do fundo do baú: Bangkok para Johanesburgo na Executiva da Thai Airways (2014)

Cias Aéreas Notícias

Por Alexandre Zylberstajn

Eu sempre gostei de avião e de viajar – e não resisto a uma boa promoção de milhas. Muitas vezes eu até faço viagens baseado na disponibilidade por pontos, especialmente se envolver executiva e primeira classe! Esse foi o caso…

Em 2014 eu ainda não fazia parte do PP, mas já registrava fotos de todas as minhas viagens. Pois bem, esse é um review que achei no fundo do baú (na verdade no meu hd externo) em um trecho de executiva entre Bangkok e Joanesburgo com a Thai Airways.

De antemão, eu peço desculpas pela qualidade das fotos! O iphone antigo tinha uma qualidade bem fraca e o fotógrafo também não ajudou 😉

A emissão

Bom, era novembro de 2013 e eu ainda não tinha decidido o réveillon daquele ano. Alguns amigos iam para o sudeste asiático, mas me lembro que tinha poucos dias de viagem e achei um pouco pesado fazer quase 30 horas de voo em econômica por apenas 6 dias no destino.

Eis que então surgiu uma promoção de compra de pontos do Lifemiles com 100% de bônus. O dólar estava na casa dos 2.30 e a emissão ida e volta saindo do Brasil, em executiva, custava 150.000 mil pontos! A passagem de ida e volta sairia cerca de R$5.200 com taxas. Considerando o hotel, gastos no destino e o prazer de viajar em executiva, achei que valia a pena! Segui em frente!

Já naquela época o LifeMiles oferecia emissões 100% online. A ida foi via Madrid com a Air China. Sem custo extra, pude incluir um trecho entre Bangkok e Phuket também com a Thai, operado por um 747!!!

A volta foi de Thai Airways e South African, ambos em aviões da Airbus, só que o trecho perado pela SA ,num A340! Esse review é do trecho entre Bangkok e Joanesburgo.

Voo Thai TG8640  – 03/01/2014
Bangkok (BKK) Johannesburg (JNB)
Assento: 12B – Classe Executiva
Partida: 01:15 / Chegada: 07:30 / Duração: 11h15
Aeronave: B777-200


Check-in

O aeroporto de Suvarnabhumi era relativamente novo na época. Não era uma obra prima, mas tinha achado bonito!

O voo era noturno e o check-in da executiva foi super tranquilo. Não havia filas e o atendimento foi cordial.


VAT Refund

Apesar da curta viagem, eu devo ter feito alguma comprinha, porque tenho fotos do posto de reembolso do VAT para turistas.


Check-in Primeira Classe 

Os passageiros da Primeira Classe tinham uma área de check-in exclusiva e separada. Eu teria ido de primeira (custaria 35 mil pontos a mais o trecho), mas a Thai não operava first naquela rota e nem encontrei disponibilidade via outro destino.


Fast Track

Como passageiro de classe executiva, eu pude usar o Fast Track da alfandega, que também estava sem filas.


O Lounge da Thai Airways em Bangkok

O Lounge da Thai é relativamente grande e ,apesar do horário, estava bem movimentado.

O estilo não era moderno, pelo contrário, um pouco clássico. Apesar de não parecer pelas fotos, eu escrevi nas anotações que achei agradável!

Como disse no inicio, o iphone não tinha uma câmera muito boa e eu sou um péssimo fotógrafo: a maioria das fotos não tem foco!

O lounge também oferecia gratuitamente revistas e jornais.

Tinha um espaço com desktops e divisórias.

E um tipo de buffet self-service. Minha esposa quase levou um tombo neste desnível. Lembro bem porque ri bastante da cena (perco a esposa, mas não a piada);

Naquela época eu tinha vergonha de tirar fotos. Na verdade ainda tenho um pouco, mas não ligo mais para os olhares estranhos – faz parte do meu trabalho.

Nesta outra parte havia uns sanduichinhos, quiches e tortinhas.

E uma cabine para ligações com ORELHÃO! #tovelho!

Uma área mais silenciosa:

E um espaço para as crianças brincarem! Parece minha casa em tempos de pandemia!

Uma geladeira com bebidas:

Eu optei por um tradicional noodle acompanhado do que me parece ser coca zero, mas confesso que não tenho mais certeza.

O banheiro estava limpo.

No caminho para o embarque me deparei com outro lounge, o Royal Orchid Spa, que na verdade é um espaço para massagens. Já era quase 1 da manhã e estava fechado.

O Aeroporto de BKK não é dos que mais gosto nem dos que mais desgosto. Cumpre seu papel.


O EMBARQUE

O embarque foi tranquilo. Fui para a poltrona 12b e minha esposa na poltrona ao lado:

O layout era 2x2x2 com 30 assentos na executiva. Cabine única no 777-200ER

 

No tradicional estilo “tobogã”: dorme de cinto e acorda de coleira!

Logo no início nos foram oferecidos chá e espumante. Minha esposa ficou com o chá e eu com o espumante.

Em seguida passaram oferecendo revistas e jornais.

Nessa foto vocês podem ter uma ideia das cores e do espaçamento dos assentos.

As fileiras com bulkhead têm mais espaço, mas reclinam o mesmo tanto.

No apoio dos braços ficava o controle de assentos, inclusive com um botão “M” de massagem. Isso na verdade fazia o assento dar uma tremidinha.

Abaixo do apoio do braço ficava o plug da tomada, onde vocês podem ver nitidamente o carregador do meu celular! Rs

Ainda abaixo do encosto do braço ficava o plug para o fone de ouvido.

Nessa foto dá para ver que não havia muito espaço entre os assentos. Seu braço fica coladinho ao do colega ao lado.

No teto ficavam as luzes do asssento.

Além da iluminação para leitura, que ficava pertinho do encosto e tinha 3 níveis de intensidade.

O fone de ouvido ficava num espaço entre as telas dos monitores do assento.

Nessa foto vocês podem observar o tamanho do meu nariz e o espaço entre as poltronas.

A foto abaixo mostra a divisória entre os assentos, usada por quem queria um pouco mais de privacidade.

Como o voo era noturno e eu estava cansado, aproveitei para fazer fotos ainda em solo.

O Amenity kit era da Porsche Design. Esse foi o destaque do voo!

Gosto bastante desse tipo de necessaire. Ainda tenho e levo em viagens guardando carregadores e remédios.

Dentro do amenity vinha escova de cabelo, tapa olho, earplug, pasta e escova dental, protetor labial, meias, hidratante e enxaguante bucal.

Básico, mas suficiente.

Ainda tinha um mapinha da Porsche Design, cujas rotas não entendi ao certo o que eram.

A bandeja para comer era pequena.

E saia da lateral do assento.

Reparem que não tinha muito espaço entre as poltronas.


O serviço

Depois de 1h05m da decolagem começou o serviço. Serviram toalhinha aquecida com aroma (que não tenho foto) e em seguida nos ofereceram bebidas. Optei por um vinho tinto.

Em seguida a entrada foi servida.

E o prato principal: camarão ao cury vermelho com arroz e ovos. Ainda veio com um molhinho de pimenta em saquinho.

Frutas, crackers e queijos como sobremesa!

O banheiro tinha sabonete liquido, hidratante e perfume.

A foto abaixo foi tirada pelo Fabio em um voo entre Kuala Lumpur e Bangkok. Apesar da inclinação, eram quase 3 da manhã e eu estava exausto. Dormi praticamente todo o voo.

Para o café da manhã eu escolhi croissant e frutas. As frutas vieram geladinhas e o croissant quente e gostoso.

Em seguida serviram ovos mexidos com salsicha, peru e tomatinhos. Os ovos estavam bons!

Naquele momento já estávamos chegando na África do Sul.

E eu estava ansioso pelas compras de vinhos no freeshop e para o próximo voo de executiva com a South African!

O entretenimento a bordo não era muito bom. O sistema não era rápido, a resolução era fraca e com poucas opções. Mas, como eu falei, dormi bastante e só usei quando fiquei apreciando a vista da janela. Coloquei uma playlist “easy listening” e curti o momento!

A vista da janela na aproximação é sempre uma boa pedida!

Mas nem todos queriam abrir as janelas! Neste caso, não vejo como falta da semancol. Estávamos próximos à aterrizagem e tudo bem…

Depois, todos tiveram que abrir e, onze hora depois, cheguei bem em Joanesburgo.


Veredito

No final das contas, a viagem, mesmo curta, foi ótima! O tempo dentro do voo passou super rápido! Quando se é jovem e sem filhos pequenos, esse tipo de aventura é mais fácil de fazer. O corpo se adapta mais rapidamente ao fuso e se pode fazer viagens de última hora com mais facilidade! Hoje, com meus pequenos de 1 e 3 anos, não embarcaria num avião por tantas horas para passar apenas 6 dias no destino.

Rápidas opiniões:

  • O meu quesito número 1 e o mais importante numa classe executiva é assento que deita 100%. Eu realmente valorizo viajar completamente deitado na classe executiva. Pago a mais por isso e evito assentos do tipo TOBOGÃ, mas nesse caso não tinha alternativa. Fui “escravo” das milhas e não me importei.
  • O espaço pessoal e a privacidade deste tipo de assentos não são o ponto forte.
  • Sentei na janela e não me importei em pular a colega ao lado por ser minha esposa!
  • As refeições foram boas, mas pelas minha anotações “eu esperava mais”. Amo a culinária Tailandesa e acho que faltou um pouco de sofisticação.
  • O serviço foi bom, mas como o voo partia de Bangkok 01h15 e eu dormi bastante depois do jantar, não consegui avaliar no detalhe o atendimento.
  • A Thai não ofereceu pijama. Eu sabia disso e levei o meu!
  • O fone era noise canceling e confortável, mas não o suficiente para evitar que eu usasse meu Bose Quiet Confort.
  • O avião não tinha wifi, mas em 2014 eu não esperava por isso.

Se lembrem que o intuito de tirar essas fotos e fazer anotação era puro hobby de um avgeek. Eu ainda não fazia parte do PP e nem imaginava que um dia ia postá-las. Faltaram registros importantes como cardápio, cobertor, travesseiro e detalhes dos assentos, mas acho que deu para vocês sentirem um pouquinho e espero que tenham gostado!

Obs: Vale a pena assistir ao vídeo que o Gabriel fez na nova executiva da Thai ou review do Fabio no 777-300.

Abraços, Ale

 

 

 

Avaliação

Média
0.0

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.