fbpx

KLM adiciona seis E195-E2 a seu pedido e chega a 21 aeronaves encomendadas

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Embraer anunciou nesta semana que a companhia aérea holandesa, KLM, anunciou um pedido de mais seis jatos comercias E195-E2. As aeronaves serão adquiridas pelas empresas de leasing – Aircastle e ICBC, parceiras da fabricante brasileira – em um contrato no valor de 2,48 bilhões de dólares.


Embraer E195-E2

O E195-E2 apresenta novos motores de alto desempenho, asas novas, fly-by-wire completo e um novo trem de pouso. Se compararmos com os sistemas da 1ª geração do E195, 75% são novos. A aeronave tem três fileiras adicionais por assentos e comporta 146 passageiros em classe única, ou 120 se configurada pela companhia com duas classes de serviço.

O desempenho econômico e ambiental da aeronave torna o E195-E2 a aeronave ideal para o crescimento dos negócios europeus da KLM e o apoio à operação em grandes centros de conexão (hub-and-spoke), complementando as frotas da linha principal. É por isso que a Embraer apelidou o jato de The Profit Hunter (“O Caçador de Lucros”).

Recentemente, o Dérek foi até o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para fazer um voo teste com a aeronave. Saiba mais sobre como foi esse voo aqui.


Quem vai operar os voos com os E-Jets?

A responsável por operar voos com a aeronave será a KLM Cityhopper, que é uma companhia aérea regional europeia. Uma coisa interessante é que desde 2018, toda a frota da Cityhopper é composta por aviões da Embraer, incluindo 32 E190 e 17 E175, o que torna a KLM a maior operadora de jatos comerciais da Embraer na Europa.


Aviação limpa

A empresa ficou “atraída” pelo jato da Embraer por conta da redução de combustível e da diminuição de ruídos causados pelo avião – que faz parte do comprometimento da companhia em reduzir o impacto ambiental e praticar uma aviação mais limpa. Os E-Jets têm uma diminuição de 30% nas emissões de carbono, comparado aos seus antecessores, entre eles o E-190, operado pela subsidiária.

Por conta disso, a holandesa, que já havia feito um pedido de 15 jatos durante o Paris Air Show, no primeiro semestre deste ano, resolveu acrescentar mais seis, totalizando assim 21 aeronaves. Elas vão conter 132 lugares e deverão ser entregues até o primeiro semestre de 2021, segundo a Embraer.

Além da KLM, muitas outras companhias contam com o E195-E2 em sua frota. Uma delas, por exemplo, é a Azul, que foi a primeira companhia aérea do mundo a receber a aeronave. O Lorenzo estava presente e nos contou tudo neste post.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.