fbpx

5 ideias de uso das milhas a expirar durante o coronavírus

Notícias

Por Dérek Arakaki

Em um momento onde a recomendação é ficar em casa, a impossibilidade de programar viagens futuras gera grande preocupação para pessoas que tem pontos/milhas vencendo nos próximos meses. Pensando nisso, decidimos compartilhar com você algumas opções de uso deles nos principais programas de fidelidade utilizados pelos brasileiros, evitando assim que eles expirem.


Prorrogação da validade dos pontos/milhas

Antes das sugestões, vale informar que alguns programas começaram a estender o prazo de validade dos pontos/milhas nesse momento de incertezas. Veja abaixo quais já divulgaram novas regras:

Aéreos:

Bancos/Cartões:

  • Itaú e Credicard – estenderam a validade dos pontos até 30/06 – saiba mais aqui

Hotéis:

  • Hilton Honors – congelou o vencimento dos pontos até 31/05

Agora sim, vamos as sugestões!


1 – Emita passagens que permitam alterações no futuro

Nossa recomendação principal de uso dos pontos e milhas é no resgate de passagens, já que são nelas em que é possível obter o maior valor. Porém, o que fazer neste caso, se a recomendação é ficar em casa e nenhuma viagem deve ser programada?

Caso tenha milhas vencendo, uma sugestão é a emissão de passagens para uma data futura que permitam alteração. Como conseguimos pesquisar passagens para cerca de 1 ano para frente, já é possível emitir passagens para os primeiros meses de 2021. Com isso, você pode ir acompanhando o cenário e caso a situação se normalize antes, antecipar a data de sua viagem

Fique atento, porém, as possíveis diferenças tarifárias. Nesse caso, os programas que oferecem tabelas fixas de resgates em parceiros podem ser uma melhor alternativa. Ou seja, bastando ter disponibilidade, você altera a data mediante pagamento da taxa e não será impactado por essas diferenças.

TAP Miles&Go

  • Emitir passagem para voar com parceiros e pagar uma taxa de alteração de 50 EUR para mudar a data (sujeito a disponibilidade e sem diferença tarifária);
  • Emitir passagem para voar TAP e pagar uma taxa de alteração de 50 EUR para mudar a data ou classe (sujeito a diferença tarifária);
  • Emitir passagem (parceiros ou TAP) e pagar uma taxa de 80 EUR para deixar ela em aberto, remarcando a data depois (sujeito a disponibilidade).

OBS: Lembrando que o programa TAP Miles&GO não permite mudança de rota ou ponto de conexão – somente data e horário e que a validade do bilhete é sempre de 1 ano da data de emissão, mesmo se você deixá-lo em aberto.

Smiles

A Smiles não permite alteração de bilhetes emitidos com milhas, apenas cancelamento da passagem (se reembolsável) e realizar uma nova emissão. Como estamos falando de milhas expirando, não será possível utilizar essa opção, pois as milhas retornadas estarão expiradas.

Portanto, a única opção é emitir uma passagem já planejando uma futura viagem. Caso alguma alteração ou cancelamento ocorra no seu voo até a data da viagem, poderá ser solicitada a reacomodação.

LATAM Pass

  • Emitir uma passagem até 31 de março que pode ser alterada uma vez, sem multas, pagando apenas a diferença tarifária, quando houver, para voar até 31 de dezembro de 2020.

TudoAzul

  • Emitir uma passagem para voar até 30 de setembro de 2020 pode ser alteradas uma vez, sem multas, pagando apenas a diferença tarifária, quando houver, para voar até 30 de setembro de 2020.

2 – Transfira seus pontos/milhas para outro programa, aumentando o prazo de validade

Uma outra opção é transferir seus pontos/milhas para um outro programa parceiro. Feito isso, eles passam a ter validade de acordo com a regra do programa que você transferiu. Nossa recomendação é aguardar por promoções que ofereçam bônus nas transferências, porém, caso a expiração esteja próxima, faça a transferência sem a bonificação para não perdê-los.

Livelo

  • Transferir os pontos convertendo em milhas Smiles e ganhar validade a partir de 3 anos para as transferidas e 6 meses para as bônus (se tiver promoção);
  • Transferir os pontos para o LATAM Pass e ganhar validade a partir de 2 anos;
  • Transferir os pontos para o TudoAzul e ganhar validade a partir de 2 anos;
  • Transferir os pontos convertendo em milhas TAP Miles&Go e ganhar validade a partir de 3 anos para as transferidas e 1 ano para as bônus (se tiver promoção);
  • Transferir para outros programas parceiros e ganhar validade de acordo com as regras do programa que você optou por transferir.

Outros programas de bancos/cartões

  • Transferir para o programa aéreo parceiros e ganhar validade de acordo com as regras do programa que você optou por transferir.

3 – Transfira seus pontos/milhas para o ALL – Accor Live Limitless

Uma boa opção de uso dos pontos/milhas dos principais programas nacionais, é realizar a transferência para o ALL – Accor Live Limitless. Transferir seus pontos para o ALL traz boas oportunidades de resgates, principalmente na reserva de diárias de hotéis da rede Accor.

Por exemplo, é possível usar seus Pontos Rewards para pagar parte de sua reserva: 2.000 pontos = 40 euros.

Livelo

  • 2.5 Pontos Livelo por 1 Ponto Rewards;

Smiles

  • 3.800 Milhas Smiles (Clube e Diamante) 4.000 Milhas Smiles (demais clientes) por 1.000 Pontos Rewards;

LATAM Pass

  • 5.680 Pontos LATAM Pass em 1.000 Pontos Rewards;

TudoAzul

  • 4.000 pontos TudoAzul por 1.000 Pontos Rewards (Clube, Diamante e Itaucard) ou 5.000 pontos TudoAzul por 1.000 Pontos Rewards (demais clientes).

Confira nosso guia ensinando como transferir seus pontos e milhas para o ALL – Accor Live Limitless


4 – Doe suas milhas

Uma outra opção de uso dos pontos/milhas é realizar uma doação. Os principais programas de fidelidade utilizados pelos brasileiros oferecem essa opção. No final do ano passado tivemos a campanha Dia de Doar, em que fizemos uma postagem ensinando como realizar a doação de pontos e milhas.


5 – Outras alternativas (produtos ou serviços)

Como disse, nossa recomendação principal de uso dos pontos/milhas é no resgate de passagens, porém, em casos em que eles estão expirando e não há nenhuma viagem em vista, temos a alternativa de utilizá-las para resgatar algum produto ou serviço.

O importante aqui é obter o melhor valor possível nelas. A precificação de um ponto/milha é dada pelo uso dele, ou pelo que ele será trocado. E é justamente por usarmos nossas milhas de maneiras distintas que surgem as diferenças de valor.

Como saber o valor obtido:

Para saber o valor que será obtido, basta descobrir o valor de mercado daquele produto ou serviço que está sendo adquirido e dividir pela quantidade de pontos/milhas exigidos no resgate. Temos um post ensinando de forma detalhada esse conceito: Quanto vale uma milha? Quanto vale um ponto?

Livelo

  • Resgate de produtos;
  • Recarga de celular;
  • Resgatar crédito para usar no Shell Box.

Smiles

LATAM Pass

TudoAzul

Outros programas de bancos/cartões

  • Resgates de produtos ou serviços oferecidos.

Para quem tem poucos pontos

Se você tem poucos pontos, que são insuficientes para o resgate de uma passagem aérea, ainda assim há opções de uso! Veja abaixo nossas postagens com sugestões para esse caso:

Não é porque o saldo é baixo que vamos deixar eles expirarem, certo?


Comentário

Esperamos que as sugestões acima possam te ajudar no uso dos seus pontos/milhas expirando!

Nesse momento atípico, nós do Passageiro de Primeira, reforçamos as sugestões dos usuários para que os programas de fidelidade estendam a validade dos pontos e milhas! Este não é o momento de tomar decisões por impulso ou sob pressão, elas precisam ser ponderadas e um fôlego no prazo de validade permitirá decisões mais assertivas quando a situação se normalizar.

Fique de olho também pois teremos dicas de como acumular milhas e pontos durante a quarentena!

Você tem pontos/milhas expirando? O que planeja fazer com eles? Alguma outra sugestão?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.