fbpx

Paris suspende o uso obrigatório de máscaras em aeroportos

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O Governo de Paris, suspendeu o uso obrigatório de máscaras em seus aeroportos. A medida, que passou a valer ontem (14), torna opcional o uso de coberturas faciais dentro dos aeroportos de Paris-Charles de Gaulle (CDG) e Paris-Orly (ORY).

Paris-Charles de Gaulle CDG

A novidade veio junto de uma série de atualizações nas restrições causadas por conta da pandemia, anunciadas no começo do mês. Além do fim do uso obrigatório das máscaras em aeroportos, o governo francês também está suspendendo a obrigação de apresentar comprovante de vacina para acessar estabelecimentos no país.

Contudo, apesar da liberação da circulação de passageiros sem máscaras dentro das instalações dos aeroportos parisienses, foi informado que elas continuarão obrigatórias a bordo dos aviões. A notícia veio através do perfil oficial dos aeroportos de Paris, no Twitter. Confira abaixo:


Requisitos de entrada na França

Conforme publicamos no começo de fevereiro, o país deixou de exigir testes negativos de COVID-19 para viajantes totalmente vacinados. Desde 12 de fevereiro, as regras em vigor são as seguintes:

  • Viajantes vacinados: prova de atendimento do calendário completo de vacinação, independentemente do país de origem;
  • Viajantes não vacinados: apresentação de teste PCR, com resultado negativo, além de testagem e isolamento, na chegada, desde que proveniente de países da lista “verde”, caracterizados por circulação moderada do vírus (Brasil não incluído);
  • Viajantes não vacinados oriundos de países da lista “laranja“: entrada restrita, limitada aos casos excepcionais em que se prove a necessidade de viajar à França, como trabalho ou estudo, dentre outros, sujeito a teste aleatório na chegada. Os viajantes que testarem positivo terão que se isolar, de acordo com as recomendações do órgão de saúde nacional.

Para os fins legais, entende o governo francês, que o esquema de vacinação está completo após 28 dias da administração da dose única da vacina Janssen e 7 dias após a administração de uma segunda dose para as demais vacinas reconhecidas pela Agência Europeia de Medicamentos:

  • Pfizer/Comirnaty;
  • Moderna;
  • AstraZeneca/Vaxzevria;
  • Covishield.

Relativamente às pessoas que receberam todas as doses exigidas de uma vacina autorizada pela Organização Mundial da Saúde, mas não reconhecidas pela Agência Europeia de Medicamentos (como é o caso da Coronavac), 7 dias após a administração de uma dose complementar de uma vacina de RNA mensageiro. No caso do Brasil, que utilizou a vacina da Pfizer para a dose de reforço, os viajantes estarão aptos a ingressar na França, após o sétimo dia do recebimento desse reforço.

  • Dose de reforço

A contar de 1º de fevereiro de 2022, para que o calendário de vacinação continue a ser reconhecido como completo, as pessoas com idade igual ou superior a dezoito anos, que pretendam viajar para a França, devem ter recebido uma dose de vacina complementar de RNA mensageiro, até 9 meses após a injeção da última dose regular (da dose única, no caso de Janssen/J&J, ou da data do recebimento da segunda dose, nos demais casos).


Londres também vai suspender o uso obrigatório de máscaras

Conforme publicamos ontem, o Aeroporto de Heathrow, em Londres, também vai suspender o uso obrigatório de máscaras dentro de suas instalações. A gerência do local informou que, a partir de quarta-feira (16), o uso de máscaras e coberturas faciais será opcional nos terminais, estações rodoviárias e ferroviárias e escritórios nas localidades do aeroporto.

Também a partir de 16 de março, o uso de máscaras a bordo não será mais necessário em alguns voos da British Airways e da Virgin Atlantic, duas das principais companhias aéreas do Reino Unido.

De acordo com as companhias, as máscaras não serão obrigatórias para destinos onde as regulamentações internacionais sobre o uso de máscaras não se aplique. Ou seja, elas só serão obrigatórias em rotas onde o país de destino exige que elas sejam usadas por lei, como é o caso dos Estados Unidos e Itália, por exemplo. No caso da Itália, o modelo de máscara deverá ser a PFF2.

Apesar das duas companhias aéreas britânicas anunciarem o fim do uso de máscara obrigatório em alguns voos, a Air France, principal companhia da França, ainda não informou se vai tomar a mesma decisão.


As novidades foram anunciadas por conta do recuo dos casos da doença na França, de acordo com o primeiro-ministro Jean Castex. Contudo, vale lembrar que o uso de máscaras permanece obrigatório nos transportes públicos e o passaporte de vacinação continua vigente para acessar os centros de atendimento domiciliar de idosos (asilos).

O que achou da novidade? Para mais informações, acesse o site do governo francês.

Seguro Viagem
Seguro Viagem
8 pontos Livelo por real gasto + 70% de desconto!
Confraria Grand Cru
Confraria Grand Cru
Ganhe 3 meses grátis e R$150 de crédito por indicação!
Cartões Elo
Cartões Elo
Prêmios diários de R$1 mil e dois super prêmios de R$ 100 mil!
Cartão Azul Itaucard
Cartão Azul Itaucard
Ganhe até 65 mil pontos bônus!
Conta Americana
Conta Americana
Ganhe US$10 na Conta Americana da Nomad!
Clube de Milhas
Clube de Milhas
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.