fbpx

Resgates de Primeira – Passagem dos Estados Unidos para o Oriente Médio para para assistir o Mundial de Clubes FIFA 2022

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Como você vem acompanhando nas últimas semanas, nesta fase da série Resgates de Primeira, estamos mostrando voos que tragam alguma característica especial, quer de preço ou destino, como por exemplo, oportunidades para voar para os Estados Unidos ou Europa, que tem tido raras disponibilidades, após a reabertura. Hoje, entretanto, vamos fazer uma abordagem diferente, para apresentar uma opção para que os torcedores do Palmeiras que estejam, ou morem nos Estados Unidos, possam viajar para assistir os jogos do Mundial de Clubes da Fifa em alto estilo. Por isso, o que temos hoje é: Resgates de Primeira – Passagem em Classe Executiva dos Estados Unidos para o Oriente Médio para assistir o Mundial de Clubes da Fifa 2022.

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: Nova York – Dubai
Programa(s): Miles&Go (TAP)

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras duas fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessa últimas, voltamos a mostrar o resgate de viagens em Classe Executiva que apresentem custo x benefício acima da média. Dentre esses bons voos, já mostramos como os torcedores brasileiros conseguirem chegar a Abu Dhabi, para assistir o Mundial de Clubes da FIFA, no próximo mês.

Depois que alguns países do Oriente Médio proibiram a entrada de passageiros provenientes de certos países africanos, ainda que em trânsito, como da Etiópia, tenho visto amigos lutando para encontrar alternativas de resgate para viajar até Abu Dhabi, onde será realizado o Mundial de Clubes da Fifa, torneio para o qual o Palmeiras habilitou a participar, por ter sido o campeão da Copa Libertadores da América.

Além disso, não é novidade que os Estados Unidos é casa de muitos brasileiros, de modo que é possível que haja muitos interessados em viajar até o Oriente Médio, para assistir à competição intercontinental de clubes, sobretudo depois que o Palmeiras quebrou a primeira escrita, vencendo a “Copinha”.

Essa não é uma tarefa fácil, no entanto, pois as disponibilidades estão escassas, dada a demanda reprimida que temos visto após as reaberturas pela Europa, Américas e Oriente Médio.

Apesar disso, conseguimos encontrar disponibilidade para voar entre Nova York e Dubai, para que você, torcedor do Palmeiras, possa viajar aproveitando as regalias da ótima Classe Executiva da Emirates no icônico A380.

Essa emissão representa um excelente custo em milhas, para voar em Classe Executiva entre Estados Unidos e os Emirados Árabes Unidos, sobretudo levando em consideração o baixo custo de geração das milhas do programa TAP Miles&Go.

Para saber todas as regras envolvidas nessa emissão, recomendo a leitura do nosso guia completo do TAP Miles&Go.


Quanto custa essa emissão?

Começemos mostrando o primeiro resgate, entre São Paulo e Amã. Apesar da última mudança de tabela de emissão com parceiros (quando o programa da TAP ainda se chamava Victoria), em que houve um aumento considerável do custo para alguns destinos, conforme noticiamos aqui no PP, a rota Canadá, Estados Unidos, México e Caribe – Oriente Médio, manteve um ótimo patamar, cobrando apenas 1150.000 milhas por trecho.

Com isso, é possível emitir passagens para voar em Classe Executiva dos Estados Unidos (ou qualquer outro país da América do Norte ou Caribe), para o Oriente Médio, pagando apenas 115 mil milhas TAP Miles&Go por trecho.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade

Para os resgates com a Emirates, lamentavelmente o acervo award da companhia árabe não está aparecendo nas pesquisas do ExpertFlyer, então as alternativas são realizar presquisas nos sites da Copa Airlines, GOL ou Qantas.

Para o resgate que hoje simulamos, fizemos as pesquisas no site do Qantas Frequent Flyer, da companhia australiana Qantas, que também é parceira bilateral da Emirates, assim como o TAP Miles&Go. Encontradas vagas award  no QFF (onde, inclusive, é possível resgatar online, acaso tivéssemos usando milhas daquele programa), temos a sinalização de que haverá disponibilidade para resgate pelo programa TAP Miles&Go.

  • Realizando a emissão

Como mencionamos, o primeiro passo é realizar a pesquisa em um dos programas parceiros que fazem resgate online do acervo da Emirates. Para hoje, optamos pelo Qantas Frequent Flyer, que acusou disponibilidade para o trecho, em Classe Executiva:

Lembre que o primeiro jogo o Palmeiras está previsto para o dia 08 de fevereiro. Esse resgate mostrado, te deixará em Dubai, na noite do dia 07 de fevereiro, com tempo suficiente, portanto, para apanhar um transfer para seguir até Abu Dhabi, onde a partida será realizada. Por fim, recordo que os valores que encontrará nas pesquisas no Qantas Frequent Flyer são apenas referenciais para a disponibilidade de vagas. Os valores cobrados no resgate no TAP Miles&Go são fixos, de 115 mil milhas para voar de qualquer origem na América do Norte ou Caribe, até o Oriente Médio, acrescido de taxas, que serão maiores, pois além do YQ também cobrado na Qantas, incidirá mais 40 Euros pelo resgate através do call-center.


Como otimizar essa emissão?

Apesar dessa emissão usar uma quantidade relativamente baixa de milhas (M&G), tenha em mente que aquelas promoções recorrentes de tranferência bonificada que o TAP Miles&Go vinha fazendo no mercado brasileiro, parece que ficarão na memória.

O máximo que tivemos recentemente, foi a da última campanha da Black Friday, em que o TAP Miles&Go ofereceu 80% de bônus nas tranferências bancárias para todos os clientes.

Considerando que, naquele momento, a Livelo estava vendendo pontos com 50% de desconto, ou seja R$35 reais de CPM (custo para cada mil pontos), temos que o CPM do Miles&Go ficou por cerca de R$19,45.

Nesse custo, precisaríamos investir R$2.236 para esse resgate do Miles&Go, para voar com a Emirates – JFK-DXB, na ótima Classe Executiva do A380.

Vemos, assim, que conseguindo aproveitar o empilhamento de promoções de compra de pontos Livelo, com uma campanha de transferência bonificada para o TAP Miles&Go, esse resgate fica incrivelmente barato.

Para se mensurar o quanto esse resgate é vantajoso, basta conferir o valor pagante dessas passagens:

Como se vê, o resgate, cujo investimento em milhas seria de apenas R$2.236, necessitaria de um investimento superior a R$21.600 (valor do bilhetes sem taxas), para a compra de passagem pagante. Assim, o resgate award custaria pouco mais de 10% do valor da bilhete comercial, o que é fenomenal, sobretudo levando em conta o período.


Quais companhias posso voar?

  • Companhias da Star Alliance

Como a TAP é membro da aliança global Star Alliance, a emissão pode ser feita para voar em qualquer das companhias membros da aliança, ao custo fixo de 115 mil milhas TAP Miles&Go (one-way), que operem voos entre a América do Norte e Caribe e Oriente médio, inclusive de forma combinada (mesclando trechos em companhias diversas).

Entretanto, não tem sido fácil achar disponibilidade com esses parceiros Star Alliance, para o período desse resgate. Além disso, esse é um trecho em que a Emirates está cobrando um valor bastante razoável de taxa YQ, inferior a mil reais, o que faz valer o resgate com a companhia árabe, já que as companhias europeias da Star Alliance, ou a Turkish, teriam taxa muito mais salgada. A Ethipoian, por sua vez, não serviria para o resgate, já que os Emirados Árabes Unidos não estão aceitando voos provindos da Etiópia, como dissemos antes.

  • Cabine da Classe Executiva da Emirates

A Emirates mostra disponibilidade para voos tanto no Boeing 777, quanto para a ótima Classe Executiva do magnífico A380, que oferece uma experiência incrível, sobretudo considerando qe se trata de um voo longo.

E voando no A380, você ainda tem acesso ao maravilho lounge-bar que serve à Primeira Classe e à Classe Executiva (temporariamente fechado), onde poderá ir tomar um aperitivo e espairecer um pouco, dado que a a viagem inclui o trecho ultra-longo entre São Paulo e Dubai.

emirates

Lounge-bar no upper-deck do Airbus A380

Não há dúvida, portanto, que estamos diante de um autêntico Resgate de Primeira!


Fatores a considerar

  • Obrigatória a apresentação de teste PCR para maiores de 12 anos: Observe que para se deslocar de Dubai até Abu Dhabi por via terrestre, você será obrigado a apresentar no controle de fronteiras, teste PCR, com resultado negativo, feito em até 48h antes do ingresso naquele emirado;
  • Cobrança de taxa de combustível (YQ) pela Emirates: Infelizmente, a Emirates voltou a cobrar a indesejada taxa de combustível (YQ), mesmo nos voos partindo do Brasil. A boa notícia, é que o valor cobrado, para o trecho entre Nova York e Dubai, no voo simulado, ficou abaixo de mil reais, bem razoável, levando em conta a magnitude do resgate;
  • Emirados Árabes voltaram a permitir voos para países africanos que estavam impedidos: Como mostramos aqui no PP, a Emirates voltará a voar – e transportar passageiros – para os países africanos que haviam sido proibidos com a expansão da variante ômicron. É possível, com isso, que a Ethiopian volte a operar os voos para Dubai e Abu Dhabi, que até então estavam suspensos pela companhia etíope, o que significa que termos mais opções para esse resgate;
  • Pouca disponibilidade de voos no período: Embora ainda vejamos a persistência da crise sanitária, com os sucessivos anúncios de reaberturas de fronteiras que assistimos nos últimos, voltamos a ter pouquíssimas disponibilidades para emissão award em companhias como Emirates. Acaso você pretenda sair do Brasil e pegar esse resgate a partir dos Estados Unidos, saiba que a o AAdvantage está mostrando disponibilidade para algumas datas, em Classe Executiva, no mês de fevereiro, para voar de São Paulo a Nova York, por 55 mil milhas AAdvantage. Pode ser uma alternativa, acaso você não esteja conseguindo voar direto do Brasil para o Oriente Médio.

Comentário

Esse é mais um bom exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como falamos no post inicial dessa série semanal.

Como falamos nos posts anteriores dessa fase, acaso queira ver alguma rota/voo que tenha interesse/curiosidade, favor informar nos comentários, que poderemos tentar encaixar nas próximas publicações.

Lembre que nessa série, optamos por abordar apenas uma boa emissão por semana, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

E você, já conseguiu aproveitar bons resgates com os programas Miles&Go?

☞ confira os últimos resgates publicados:

Seguro Viagem
Seguro Viagem
Ganhe 10% de desconto na contratação do seu seguro!
Supermercado
Supermercado
Ganhe 40% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão BTG Pactual Black
Cartão BTG Pactual Black
Ganhe cashback ou pontos e IOF Especial!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.