fbpx

Resgates de Primeira – Passagem em Classe Executiva de Montreal para Tóquio com milhas Smiles

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Como você tem acompanhado aqui no Passageiro de Primeira, temos vivido um período bastante complicado para viajar em Classe Executiva a preços razoáveis, tanto pagante quanto usando milhas/pontos. No nosso microssistema de milhas e pontos, temos identificado poucas disponibilidades naqueles programas que emitem por tabela fixa, ou preços muito elevados, naqueles com precificação dinâmica. Como decorrência desse “novo normal”, resgates que antes não chamava a nossa atenção, hoje podemos considerar como autênticos “Resgates de Primeira”. Por isso, o que temos no cardápio hoje é: Resgates de Primeira – Passagem de Montreal para Tóquio, na Classe Executiva da Air Canada, usando milhas Smiles.

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: Montreal – Tóquio
Programa: Smiles (Gol Linhas Aéreas)

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras duas fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessa última, voltamos a mostrar o resgate de viagens em Classe Executiva que apresentem custo x benefício acima da média, ou tenha alguma característica especial. Por isso, hoje aproveitamos para mostrar uma viagem de Montreal para o Tóquio, voando na excelente Classe Executiva da Air Canada, eleita a melhor cabine de Classe Executiva das Américas, por uma quantidade de milhas que permite um gasto final bastante aceitável, levando em conta a facilidade e baixo CPM das milhas Smiles.

Tenha em mente, também, que esse resgate não mostra o menor número de pontos/milhas para o voo (195k milhas Smiles)), já que o programa TAP Miles&Go cobraria 115 mil milhas para o mesmo voo. Ocorre, contudo, que nosso resgate cobra apenas 264 reais de taxas, ao passo que o programa português voltou a repassar a cobrança da indesejada Taxa de Combustível (YQ), cobrada pela Air Canada, o que eleva as taxas para cerca de 3 mil reais, além, claro, de ter custo de geração muito mais elevado.

No fim, a viagem sai muito mais barata no resgate pelo Smiles, especialmente para quem é cliente Diamante ou assina um Clube Smiles, que tem feito promoções frequentes de adesão, como mostrados aqui no PP.

Assim, apesar do número elevado de milhas, a facilidade de geração e baixo CPM da Smiles, garante incluir a emissão no panteão dos nossos Resgates de Primeira.

Maple Leaf Lounge Montreal

Como sempre fazemos nessas matérias, mostramos, ainda que rapidamente, os lounges que você pode acessar, viajando em cabines premium. Nesse caso, terá acesso ao excelente Air Canada Maple Leaf Lounge de Montreal. Clique aqui para acessar o review da Sala VIP que o PP publicou em janeiro de 2020.

Além da boa qualidade geral do lounge, vale destacar a vista para o pátio do aeroporto, atração à parte para os avgeeks de plantão!


Quanto custa essa emissão?

A Smiles não usa tabela fixa para emissões com parceiros, mas, apesar disso, tem mantido uma aparente coerência de valores nos resgates entre regiões, quando há disponibilidade award. Nos bilhetes comerciais, que são os oferecidos nos voos com parceiros, os valores são muito maiores e flutuam conforme os preços das passagens pagantes.

Como já falamos aqui, não esqueça que, garimpando bem, há ótimas oportunidades de resgates no programa da Smiles. Por exemplo, no voo que estamos mostrando, são cobradas 195.200 milhas para o cliente Diamante ou assinante de qualquer Clube Smiles, o que é bem razoável, considerando alta qualidade e baixa disponibilidade de vagas com a Air Canada, a ausência de taxa de combustível e a facilidade de emissão do bilhete.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade

Como sabemos, embora possa ser feito pelo call-center, esse resgate é mostrado on-line nas pesquisas pelo site da Smiles.

  • Realizando a emissão

Realizada a pesquisa e encontrado o resultado, basta selecionar o voo, preencher os dados do passageiro e conferir os detalhes do resgate. Feito isso, o último passo é apenas preencher os dados de pagamento e finalizar o resgate.

Destaque para a cobrança apenas das taxas aeroportuárias, não sendo repassada a Taxa de Combustível da Air Canada, além do consistente desconto de 22.300 milhas ao assinante do Clube Smiles, que custa a partir de R$ 42,00 por mês.


Como otimizar essa emissão?

Essa é mais uma ótima emissão, mas, para tirar o proveito devido, é necessário aproveitar o empilhamento de algumas oportunidades, o que nossos paranauês daqui do PP te ajudam a realizar. Um bom exemplo foi a excelente promoção de compra de milhas com até 300% de bônus, que o programa fez em setembro passado. Vale lembrar, também, as ótimas campanhas de transferência bonificada, com acréscimo de até 100%, como a realizada no início desse mês de novembro.

Em ambos os casos, o CPM ficou em R$ 17,50, valor esse que vamos considerar para precificar o resgate. Assim, para gerar as 195.700 milhas cobradas no resgate, foi necessário investir R$ 3.424,75, valor infinitamente inferior ao custo pagante do bilhete.

  • Diferença para a tarifa comercial

Quando comparamos o custo desse bilhete award, com o valor da passagem pagante, podemos constatar quão vantajoso é esse Resgate de Primeira:

O valor da passagem pagante é de cerca de 13,5 mil reais + 2 mil reais de Taxa de Combustível, não repassada pelo Smiles, como já dissemos. Vale destacar, ademais, que, em consulta a bilhete de ida e volta (round-trip), o valor cobrado seria o dobro, não havendo redução no custo por trecho, ao menos para as datas pesquisadas. Isso mostra a razão pela qual a emissão pode ser considerada como um autêntico resgate de primeira.


Quais companhias posso voar?

  • Parceiros bilaterais

Apesar do resgate, em tese, poder ser feito para voar na United, tem sido incomum encontrar cabine premium com a companhia nessa rota. Ademais, outras companhias com acordo com a Smiles têm ofertado apenas bilhetes comerciais entre Estados Unidos e Ásia, o que inviabiliza o uso de milhas, dado o custo desinteressante.

Ademais, a Air Canada tem o título de melhor companhia aérea das Américas, como mostramos aqui, o que garante uma viagem de qualidade. Então, apesar de considerarmos que haveria margem para a Smiles tarifar a rota com uma pontuação menor, é inegável que é um resgate muito razoável pela conjugação dos fatores que mencionamos ao longo desse post.


Fatores a considerar

  • Precificação dinâmica: embora os resgates com a Smiles estejam, aparentemente, mantendo uma tabela “extraoficial”, o programa cobra de modo dinâmico, de modo que não temos garantia de que, no futuro, isso não seja efetivamente implantado;
  • Baixa disponibilidade: a Air Canada tem oferecido baixíssima disponibilidade em cabine premium para resgate com parceiros. Não espere encontrar muita oferta para essa rota ou qualquer outra internacional. Tampouco há garantia de que, no momento em que você lê esse post, a vaga mostrada ainda esteja disponível;
  • Japão totalmente aberto ao turismo: como mostramos aqui no Passageiro de Primeira em setembro, o Japão voltou a abrir totalmente ao turismo internacional, inclusive para nós brasileiros. Aliás, no início desta semana estive com a família no Consulado do Japão em Recife para requerer a concessão de visto de turista e devo registro a atenção, simpatia e cordialidade com que fomos atendidos pelo pessoal da representação consular. Deixo aqui meus públicos parabéns;
  • Clube Smiles oferece vantagens efetivas: como mencionado ao longo da matéria, o que tornou ainda mais atrativo o resgate foi o excelente desconto concedido ao assinante do Clube Smiles, que reduziu a tarifa em mais de 22 mil milhas. Caso seja usuário da Smiles, sugiro considerar a assinatura de um dos clubes, cujos valores partem de R$42, buscando o mais adequado ao seu perfil.
  • Pontuação razoável para os padrões da Smiles: apesar da Smiles não ser conhecida por oferecer bons resgates com parceiros nessa rota, consideramos esse um ótimo resgate, dado que não incide a indigesta taxa de combustível, além do já citado baixo custo de geração de milhas.

Comentário

Esse é mais um bom exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como falamos no post inicial dessa série semanal. Nessa matéria, trouxemos uma boa oportunidade de voar com a Air Canada, na rota entre Canadá e Japão, cuja oferta de bilhetes award em cabine premium não tem sido abundante.

Como falamos nos posts anteriores dessa fase, acaso queira ver alguma rota/voo que tenha interesse/curiosidade, favor informar nos comentários, que poderemos tentar encaixar nas próximas publicações. Lembre que nessa série optamos por abordar apenas uma boa emissão por semana, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

Esse, sem dúvida, é mais um dos bons resgates do nosso universo de milhas e pontos.

E você, já conseguiu aproveitar essa excelente emissão da Smiles?


confira os últimos artigos da série publicados:

Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Confraria Grand Cru
Confraria Grand Cru
Ganhe 3 meses grátis e R$ 150 de crédito por indicação!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.