Resgates de Primeira – Passagem em Classe Executiva de Washington para São Paulo com pontos TudoAzul

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Nas últimas semanas, voltamos a mostrar resgates em Classe Executiva, com ênfase para voos que representem boa relação de custo x benefício. Por essa razão, o que temos no cardápio hoje é: Resgates de Primeira – Passagem de Washington para São Paulo na Classe Executiva da United Airlines, usando pontos do programa TudoAzul.

passageirodeprimeira.com-united-airlines-completa-processo-de-retrofit-de-todos-os-boeing-787-8-polaris.png

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: Washington (IAD) – São Paulo (GRU)
Programa: TudoAzul (Azul Linhas Aéreas)

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras duas fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessas últimas, temos focado em voos que apresentem alguma característica especial e/ou boa relação de custo x benefício, num cenário que ainda se mostra desafiador para os clientes, dada a baixa oferta de voos com milhas e pontos e/ou os alto valores cobrados nos programas com precificação dinâmica.

Além disso, o resgate de hoje traz a comodidade do voo direto entre Washington e São Paulo, com horários de partida e chegada bastante convenientes.

Por fim, o viajante deste resgate ainda terá acesso a um dos mais completos e bem estruturados Lounges de Classe Executiva do mercado, que é o Polaris Lounge do Aeroporto Internacional Washington-Dulles, que foi inaugurado há menos de um ano e meio. E o melhor: tudo isso usando um número bastante razoável de pontos de um programa nacional em que temos facilidade de gerar saldo a custo reduzido. Não há dúvida, assim, que se trata de um autêntico Resgate de Primeira!

United Polaris Lounge – Aeroporto Internacional Washington-Dulles

Como sempre fazemos nessas matérias, simulamos voos partindo e/ou conectando no quartel-general e/ou grandes hubs das companhias aéreas, porque, em regra, é aí onde estão os melhores lounges dessas empresas.

Em Washington, isso não é diferente. Embora não esteja necessariamente dentre os maiores hubs da United, esse é um o mais novo e dos melhores Polaris Lounge do portfólio da United, com quase dois mil metros quadrados de área, incluindo um bom restaurante à la carte.


Quanto custa essa emissão?

Embora a Interline do TudoAzul não usa tabela fixa para emissões com parceiros, a plataforma tem mantido uma aparente coerência de valores nos resgates entre regiões quando há disponibilidade award. Tanto é assim, que encontramos no mesmo dia e rota, vaga award para voar com a Copa Airlines, cuja precificação mostrada foi a mesma. E sendo o mesmo valor, não precisa dizer que a escolha óbvia é com a United, né?

No voo que estamos mostrando, o TudoAzul cobra 155.000 pontos, o que é excepcional para a rota, sobretudo com a baixa disponibilidade na rota de/para os Estados Unidos.

Vale lembrar que esse valor poder ficar ainda mais baixo nas promoções frequentes em que o TudoAzul concede até 20% de desconto para resgates. Acaso haja promoção similar, o resgate ficaria por apenas 124.000 pontos. Vale destacar, por fim, a módica taxa cobrada, de 23 reais.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade

Como sabemos, embora possa ser feito pelo call-center, esse resgate é mostrado on-line nas pesquisas pelo site da Azul Internacional (também conhecido como Interline).

  • Realizando a emissão

Realizada a pesquisa e encontrado o resultado, basta selecionar o voo, preencher os dados do passageiro e conferir os detalhes. Feito isso, o último passo é apenas preencher os dados de pagamento e finalizar o resgate.

A facilidade de resgate no Interline da Azul, quando os parceiros disponibilizam vaga award, é um fator a ser destacado.


Como otimizar essa emissão?

Essa é mais uma ótima emissão, mas para tirar o proveito devido, é necessário aproveitar o empilhamento de algumas oportunidades, o que nossos paranauês daqui do PP te ajudam a realizar. Um bom exemplo foi a excelente promoção de compra de pontos TudoAzul com até 300% de bônus, em que foi possível comprar pontos por até R$ 15,75 de CPM (pagando com cartão Azul Itaú).

  • Gerando milhas por um custo reduzido

De regular, temos as promoções relativamente comuns de venda de pontos TudoAzul por 21 reais o milheiro, através de algumas promoções de venda de pontos com 70% de desconto. Esse valor pode ficar ainda menor, caso pague a operação com um cartão de crédito co-branded da Azul, que dá 10% de desconto em todas as compras de produtos e serviços na Azul Linhas Aéreas, TudoAzul e Azul Viagens.

Temos, ainda, as promoções de transferência bonificada que chegam a superar os 100% de bônus (embora a vigente se limite a 80%). Como a promoção atual não contempla Esfera e Livelo, onde se pode comprar pontos e, com isso, ter um padrão de aferição de preços, não vamos precificar o custo com essa modalidade de geração.

De todo modo, mesmo levando em conta a promoção mais comum – compra de pontos com 70% de desconto – que representa um CPM de 21 (sem os 10% de desconto do cartão co-branded), essa emissão apresentaria um valor extremamente competitivo, pois os 155.000 pontos TudoAzul custariam R$ 3.255,00, que é um valor bastante razoável para voar na boa Classe Executiva Polaris entre Estados Unidos e Brasil, no “novo normal” de custo de passagens aéreas.

  • Diferença para a tarifa comercial

Quando comparamos o custo desse resgate award, com o valor da passagem pagante, podemos constatar quão vantajoso é esse Resgate de Primeira:

O valor da passagem pagante é de exorbitantes R$ 44.348 + taxas, o que mostra como é bem vantajoso o uso dos 155.000 pontos TudoAzul. É evidente que não desconsideramos o fato do bilhete pagante está mais caro que o habitual, nem que o custo reduz, proporcionalmente, em RT (em pesquisa, o valor do trecho caiu para algo em torno de R$ 25.000). É fato, entretanto, que o custo em pontos não atinge 20% do valor pagante, em qualquer cenário, para o mesmo voo.


Quais companhias posso voar?

Parceiros bilaterais TudoAzul

Apesar da Interline do TudoAzul estar emitindo outros parceiros internacionais para a rota, dentre os quais a Copa Airlines e a Air Canada, a opção mais viável parece mesmo a United. A Copa, pelo desnível da qualidade do hard e soft-product. A Air Canada, porque além de estar restringindo bastante a oferta de vagas award em cabine premium para parceiros, continua cobrando a indesejada Taxa YQ.

Esse é uma ótima oportunidade para resgatar com a United, portanto.

Classe Executiva United Polaris no 767-400

Fato é que, independentemente de conseguir emitir para voar na United , Copa (nova Dreams para São Paulo), ou Air Canadá, o custo x benefício, decorrente da facilidade e bom valor de geração de pontos TudoAzul,  é excelente.


Fatores a considerar

  • Precificação dinâmica: embora os resgates com a Interline do TudoAzul estejam, aparentemente, mantendo uma tabela “extraoficial”, o programa divulgou há mais de dois anos que esses resgates seriam dinâmicos, de modo que não temos garantia de que, no futuro, isso não seja efetivamente implantado;
  • Cabine antiga: Apesar de considerarmos que a United tem um hard-product consistente – principalmente depois que retrofitou integralmente a frota de 777 – esse 767-400 que opera a rota, tem uma das cabines menos interessantes da frota, com layout 2-1-2. Atente para esse fato;
  • Sweetspot do TudoAzul: apesar do TudoAzul não ser conhecido por oferecer bons resgates com parceiros em seu Interline, consideramos esse um dos bons resgates com milhas e pontos do mercado, especialmente pelo custo de geração. É preciso reconhecer que o programa tem alguns resgates bem interessantes com Air Canadá, United e com a Turkish em rotas específicas – principalmente Europa-Europa. Garimpando, há alguns outros achados excepcionais.

Comentário

Esse é mais um bom exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como falamos no post inicial dessa série semanal. Nessa matéria, trouxemos uma boa oportunidade de voar com a United entre Estados Unidos e Brasil.

Como falamos nos posts anteriores dessa fase, caso queira ver alguma rota/voo que tenha interesse/curiosidade, favor informar nos comentários que poderemos tentar encaixar nas próximas publicações. Lembre que, nessa série, optamos por abordar apenas uma boa emissão por semana, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

E você, já conseguiu aproveitar essa excelente emissão do TudoAzul?


☞ confira os últimos resgates publicados:

Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 330.000 milhas em 12 meses + benefícios exclusivos para viajar!
Grupos de Alerta do PP
Grupos de Alerta do PPReceba alertas de passagens aéreas no seu WhatsApp!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 2.000 pontos em 10 parcelas de 200 pontos
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.