fbpx

Emitindo passagens em executiva para Tóquio com stopover nos EUA no TAP Miles&Go – Leitor de Primeira

Leitor de Primeira Notícias

Por Dérek Arakaki

No quadro #LeitorDePrimeira de hoje vamos compartilhar a história da Camila. Aproveitando diversas promoções e dicas que postamos aqui no site, ela conseguiu emitir duas passagens para o Japão, com direito a uma parada nos EUA, 100% classe executiva. No relato ela conta desde como começou a acumular suas milhas, as estratégias utilizadas e como fez a emissão, que foi feita utilizando milhas do TAP Miles&Go. Vale a pena acompanhar!


Relato de Primeira

Oi pessoal,

Eu e meu marido descobrimos o incrível mundo das milhas e dos cartões de crédito ano passado e logo de início nos deparamos com o site do PP. Virei leitora assídua – daquelas que leem as novidades do PP antes de começar a trabalhar – e cada vez mais me encantava com o que dava para fazer. Virou meta viajarmos para o Sudeste Asiático de executiva usando milhas, sonho que se concretizou em março deste ano, graças às dicas do site.

Compramos pontos com desconto, transferimos com bônus e pagamos preço de econômica voando de executiva. Ida e volta por passageiro, contabilizando tudo, saiu por R$ 5.300,00.

Estávamos planejando viajar para o Japão e fazer um stopover em Orlando na volta em 2021. E aí a meta mudou: agora, além de viajar de executiva, não queríamos gastar nada comprando milhas e também planejamos fazer a rota de um jeito que não pagássemos taxa de combustível #aloka. E não é que deu certo?

Começamos as estratégias para juntar o máximo de milhas possível: pagar boleto com cartão de crédito, reservar hotel com pontuação bonificada (pegamos uma na Black Friday de 20 pontos por dólar gasto e reservamos todos do Sudeste Asiático), comprar itens que já precisávamos acumulando mais pontos (comprei meu iPhone numa promoção de 8 pontos por real gasto e ainda consegui R$ 1.000,00 de volta com a proteção de preço do Visa Infinite) e viramos os loucos das milhas.

Conclusão: conseguimos 520k milhas sem ter que comprar nenhuma. Então já tínhamos a quantidade para emitir ida e volta de executiva pra Ásia – pra duas pessoas.

A segunda fase da missão então foi pesquisar os voos – parte que eu adoro. Se deixar, fico no site da United horas e horas estudando as inúmeras possibilidades.

Moramos em Brasília e estava vendo voos saindo de Guarulhos. Minha primeira opção foi São Paulo (GRU) – Toronto (YYZ) – Tóquio (HND) pela Air Canada.

Meu marido ligou 3 vezes na TAP (eu pesquiso e ele liga.. hehe), mas em todas os atendentes informaram que não aparecia nenhum voo da Air Canada disponível – não sei se por alguma indisponibilidade do sistema ou mudança de política.

Então comecei a estudar outras rotas e foi quando pensamos em ir pela Europa, que seria ainda melhor, já que tem um voo direto Brasília (BSB) – Lisboa (LIS).

E não foi difícil montar a rota do jeito que queria pesquisando trecho a trecho no site da United: ida Brasília (BSB) – Lisboa (LIS) – Bruxelas (BRU) – Tóquio (NRT) (voando TAP e ANA) e a volta Tóquio (NRT) – Los Angeles (LAX) – Orlando (MCO) – Cidade do Panamá (PTY) –  Brasília (BSB) (voando ANA e COPA), todos os trechos de executiva.

Com os números dos voos e as datas em mãos, meu marido ligou na TAP e estava dando tudo certo, até que o atendente informou que o trecho HND-LAX só tinha uma vaga na executiva no dia 14/04. Ele estava ao telefone e eu já abri o site da United para ver outra opção e vi que tinha o mesmo trecho no dia 15/04 e, bingo, tinha disponibilidade!

Já o trecho PTY – BSB só tinha de econômica no dia 21/04. Meu marido apenas pediu para o atendente ver se tinha no dia 22/04 e deu tudo certo, todos os trechos de executiva! O atendente foi muito atencioso e paciente, porque era uma emissão com muitos voos de companhias e cidades distintas.

(Obs.: O trecho LAX e MCO comprei com milhas Smiles, afinal já tínhamos atingido os 6 trechos pela TAP)

O nosso custo então foi apenas das taxas de emissão: 140 euros/pax. Na cotação de hoje, daria aproximadamente R$889,00/pax, já com o IOF do cartão de crédito. De graça para viajar para o outro lado do mundo de executiva!

Equipe do PP, não temos como agradecer! O trabalho de vocês é incrível e a atenção que vocês dão aos leitores é impressionante. O Fábio me tirou várias dúvidas de combinação de companhias para concretizar essa emissão.

Vocês são sensacionais!! Muito obrigada!
Camila


Comentário

Excelente emissão Camila! Que demais acompanhar leitores que são “novos” nesse mundo de pontos/milhas e já fazendo emissões como essa!

Seu relato deixa claro como é importante ter flexibilidade e mente aberta, no final das contas suas emissão seguiu um caminho totalmente diferente do que você planejou inicialmente e acabou virando uma Volta ao Mundo, rs.

Aliás, eu também sou desses que se diverte na parte das pesquisas de voos, explorando diferentes opções de companhias, aeronaves e rotas.

Você foi mais uma leitora que, por conhecer as regras de emissão do TAP Miles&Go, conseguiu usufruir de um dois excelentes benefícios oferecidos pelo programa: stopover (parada em um ponto de conexão), no seu caso em LAX e open jaw (bilhete com retorno em cidade diferente de onde chegou) vai pousar em Los Angeles e decolar de Orlando.

Ficamos felizes que a emissão deu certo e agora é só segurar a ansiedade até a viagem. Aproveite muito essa experiência!


☞ confira os últimos relatos publicados:

Se você quer ter sua história aqui, siga as instruções deste post.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.