fbpx

Resgates de Primeira – Passagem de São Paulo para as Maldivas na Classe Executiva da Emirates com pontos Aeroplan

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Como você vem acompanhando na série Resgates de Primeira, buscamos sempre mostrar bons resgates, especialmente em Classe Executiva e Primeira Classe, com ênfase para novidades, oportunidades incomuns ou acima da média. Hoje, vamos mostrar um resgate para tirar proveito da novidade que postamos na última semana, acerca do início de vigência da parceria entre os programas de fidelidade Skywards (Emirates) e Aeroplan (Air Canada). Assim, no cardápio de hoje, temos: Resgates de Primeira – Passagem de São Paulo para as Maldivas na Classe Executiva da Emirates com pontos Aeroplan.

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: São Paulo – Dubai – Male (Maldivas)
Programa(s): Aeroplan (Air Canada)

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras duas fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessa últimas, voltamos a mostrar o resgate de viagens em Classe Executiva que apresentem custo x benefício acima da média, ou que ressaltem alguma novidade do mercado de milhas e pontos. A novidade aqui, como dito, é que os sites de Skywards (Emirates) e Aeroplan (Air  Canada), já passaram a permitir o resgate on-line para tirar vantagem efetiva da nova parceria bilateral entre os programas.

Como grande diferencial, temos o fato do resgate não apenas custar consideravelmente menos em pontos Aeroplan, do que em milhas Skywards, mas também (e principalmente), pelo benefício do Aeroplan não repassar a indigesta taxa YQ cobrada pela Emirates, espelhada no Skywards.


Quanto custa essa emissão?

Como mostramos aqui no PP, desde agosto do ano passado, a Emirates voltou a cobrar a Taxa de Combustível, tendo aumentado essa taxa sucessivamente, desde então, o que reduz drasticamente a vantagem do resgate, tanto no próprio Skywards, quanto em alguns programas parceiros, como Smiles, TAP Miles&Go e até Qantas Frequent Flyer. A grande vantagem trazida pela nova parceria, é justamente o fato do chamado “Novo Aeroplan”, cujo lançamento reportamos aqui no PP em agosto de 2020, eliminou a cobrança ou repasse dessa desagradável e questionável taxa.

Além disso, como referimos ao começo, o próprio valor absoluto em pontos Aeroplan, é consideravelmente menor que as milhas requeridas para o resgate pelo Skywards, o que torna inquestionável a vantagem de utilização do programa canadense:

  • Aeroplan: GRU-DXB-MLE 
  • Operadora do voo: Emirates

Temos a cobrança de 100 mil pontos Aeroplan + 68 dólares canadenses, algo em torno de 260 reais, na cotação média dos últimos dias.

Vejamos agora, quando custa o mesmo resgate em milhas Skywards:

  • Skywards: GRU-DXB-MLE 
  • Operadora do voo:Emirates

Além de cobrar 142.500 milhas Skywards – 42,5% mais caro que no Aeroplan – a incidência da YQ eleva o valor total das taxas para escorchantes R$ 5.500, o que acaba encarecendo sobremaneira o resgate.

Vale lembrar esse resgate é possível pelo TAP Miles&Go, custando 130 mil milhas o trecho, mas que também carrega o inconveniente de espelhar a cobrança da taxa de combustível.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade e emitindo on-line

O site do Aeroplan permite consulta e resgate on-line, tanto em voos próprios, quanto para parceiros. Os voos com a Emirates, como mostramos aqui, já foram devidamente carregados no sistema e estão refletindo a oferta de bilhetes award da companhia árabe.

Vale dizer, inclusive, que essa funcionalidade do Aeroplan, torna o programa como a mais nova ferramenta de checagem de vagas award para voos Emirates por outros programa, como o TAP Miles&Go, já que o acervo da voadora continua fora do Expert Flyer. Passamos a contar, portanto, mais uma alternativa aos sites dos programas da Copa Airlines, GOL e Qantas.


Como otimizar essa emissão?

Esse, infelizmente, é o calcanhar de Aquiles do resgate. Por ora, ainda não temos programas de bancos, cartões de crédito e/ou programas de pontos nacionais, que sejam parceiros do Aeroplan. Apenas quem utiliza cartões internacionais tem acesso direto ao programa canadense, com destaque dos cartões associados a Membership Rewards da American Express, que recentemente chegou a oferecer 30% de bônus nas transferência para o Aeroplan.

Mas não pense que o programa é de todo inacessível. Até o último dia 28 de novembro, o Aeroplan fez uma excepcional campanha promocional de venda de pontos, com oferta de bônus que chegavam a 115%. Para quem comprou pontos com o bônus máximo, o CPM ficou em CAD 16,27 (dólares canadenses), ou aproximadamente R$62,39. Embora esse não seja um valor baixo, já permite o resgate por um valor excepcional.

Nesse patamar de custo, o valor efetivo para os 100.000 pontos ficava em R$ 6.239 (praticamente o valor das taxas cobradas pelo Skywards/Miles&Go), o que demonstra a potência do programa canadense.

Para se mensurar o quanto esse resgate é vantajoso, basta conferir o valor pagante dessas passagens:

Como se vê, os dois voos, na modalidade pagante, custariam mais de R$ 32 mil reais. Mesmo simulando um bilhete de ida e volta (round-trip), o custo por trecho ultrapassou os 20 mil reais, o que mostra que nosso resgate award custaria um pequeno percentual do bilhete comercial, o que é fenomenal.


Quais companhias posso voar?

  • Companhias da Star Alliance

Ao contrário do Miles&Go, por exemplo, que não permite mesclar parceiros bilaterais com parceiros Star Alliance, o Aeroplan permite todos os arranjos possíveis, o que potencializa bastante suas chances de encontrar vaga award para assegurar sua viagem. Nesse resgate, inclusive, encontramos composições envolvendo voos com Ethiopian, Air Canada, etc. De todo modo, entendemos que o melhor resgate fica para o voo com a Emirates, inclusive por ser umas das rotas mais diretas para voar do Brasil às Maldivas.

Além disso, entendemos que a experiência de voar Emirates é bem superior, especialmente pelo voo de cerca de 15h (GRU-DXB), no magnífico A380, inclusive por ter tempo sobrando para curtir o Lounge-bar do upper-deck da aeronave.

  • Cabine da Classe Executiva da Emirates

A Emirates até já tem uma cabine mais moderna nos novos A380 (recebidos de 2020 em diante), mas essa cabine “antiga” é excelente, com layout 1-2-1 e muito espaço nas poltronas. O trecho menor é operado no Boeing 777, em regra equipada com a cabine antiga, que é o produto mais fraco da Emirates em Classe Executiva, com layout 2-3-2 e poltronas lie-flat bed (em processo de retrofit).

E voando no A380, você ainda tem acesso ao maravilho lounge-bar que serve à Primeira Classe e à Classe Executiva, onde poderá ir tomar um aperitivo e espairecer um pouco, dado que a viagem inclui o trecho ultra-longo entre São Paulo e Dubai.

emirates

Lounge-bar no upper-deck do Airbus A380

Não há dúvida, portanto, que estamos diante de mais um Resgate de Primeira!


Fatores a considerar

  • Acesso ao acervo de Primeira Classe da Emirates a partir de janeiro de 2023: Nosso resgate, que já é de primeira, poderá ser ainda melhor, acaso se confirme a notícia de que a partir do próximo mês de janeiro/2023, o Aeroplan passará a acessar, também, o acervo da Primeira Classe da Emirates. Isso, decerto, trará o Aeroplan para uma posição de destaque da “prateleira” dos melhores programas de fidelidade internacionais – parece que, muito em breve, terei que aceitar a opinião de outros membros da Equipe PP, de que o Aeroplan tem potencial para ser o melhor programa do mercado internacional (essa é uma disputa que perco com satisfação! rs);
  • Stopover em Dubai: Outra grande virtude do Aeroplan, é a possibilidade de fazer uma parada intermediária (stopover), mesmo em resgates one-way, ao custo adicional de 5 mil pontos. Confesso que, nas milhas simulações para a rota, só consegui incluir o stop por 20 mil pontos. Ainda assim, não deixa de ser uma característica muito positiva do programa;
  • Alternativa de converter pontos Marriott Bonvoy em pontos Aeroplan: Como mencionamos antes, ainda não temos meios diretos de envio de pontos de programas nacionais para o Aeroplan. Há, contudo, uma opção indireta de gerar pontos Aeroplan, utilizando cartão nacional, que é através do programa Membership Rewards dos cartões American Express do Santander. O MR do Amex Santander, transfere 1:1 para o Marriott Bonvoy. Por sua vez, é possível converter pontos Bonvoy em pontos Aeroplan, na ordem de 60 mil pontos Bonvoy, para 25 mil pontos Aeroplan (20 mil do índice 3:1 + 5 mil pontos extras a cada 60 mil pontos transferidos). Não é um meio barato, tampouco entendo que seja um bom uso para os pontos MR, já que é possível mandar 1:1 para outros ótimos programas, como Flying Blue e KrisFlyer, mas é importante registrar que existe a possibilidade. Aliás, salvo raros casos pontuais, penso que o melhor uso dos pontos do Marriot Bonvoy é para hospedagem na rede. Sou um feliz usuário do programa e tenho pouco a reclamar.

Comentário

Esse é mais um bom exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como falamos no post inicial dessa série semanal.

Como falamos nos posts anteriores dessa fase, acaso queira ver alguma rota/voo que tenha interesse/curiosidade, favor informar nos comentários, que poderemos tentar encaixar nas próximas publicações.

Lembre que nessa série, optamos por abordar apenas uma boa emissão por semana, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

E você, já conseguiu aproveitar algum bom resgate do programa Aeroplan?

☞ confira os últimos resgates publicados:

Supermercado
Supermercado
Até R$ 200 de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2024!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
20% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.