Resgates de Primeira – Passagem em Classe Executiva de Paris para Toronto com milhas Flying Blue

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Dando continuidade à série Resgates de Primeira, no resgate de hoje, vamos mostrar uma viagem utilizando o programa de fidelidade do grupo Air France/KLM, que, na promoção deste mês de 25% de desconto para emissão, incluiu a rota para Toronto voando Air France ou KLM. Por isso, o que temos no cardápio hoje é: Resgates de Primeira – Passagem em Classe Executiva de Paris para o Toronto com milhas Flying Blue.

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: Paris – Toronto
Programa: Flying Blue (Air France/KLM)

Para quem não vem acompanhando a série, nas primeiras duas fases dos Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessa última, voltamos a mostrar o resgate de viagens em qualquer classe – preferencialmente em Classe Executiva – que apresente custo x benefício acima da média ou tenha alguma característica especial. Por isso, hoje aproveitamos para mostrar uma viagem que apresenta um custo bastante razoável, ligando a Europa e América do Norte, na boa Classe Executiva da Air France.

Vale lembrar que, além de parceiro da Livelo, o Flying Blue passou a integrar a lista de parceiros do Membership Rewards do Amex do Santander. Além disso, o Flying Blue está com uma ótima campanha de venda de milhas com até 100% de bônus, como mostramos aqui no PP. Nessa campanha, está sendo possível acumular milhas Flying Blue com CPM de US$ 15,25 (cerca de R$ 75, para quem usa cartão internacional), quase o custo que tínhamos antes da mudança da Livelo.

Lounges em Paris CDG – Salon VIP Air France

Essa viagem parte de Paris (CDG), quartel-general da Air France e onde a mesma oferece diversas opções de lounges. Para a viagem, a melhor opção viagem é o Salon VIP Air France, no Aeroporto de Paris Charles de Gaulle.

Lembrando que a Air France opera diversos Lounges de Classe Executiva no Aeroporto Charles De Gaulle, o que é bastante cômodo porque sempre haverá um próximo ao seu portão de embarque, sem precisar se deslocar de trem.


Quanto custa essa emissão?

Embora o Flying Blue tenha precificação dinâmica, nas datas com maior disponibilidade award, o programa cobra emissões, na prática, tabeladas (piso-base).

Vale registrar que a existência dessas tarifas mais baratas no Flying Blue não está associada, necessariamente, às datas em que há disponibilidade para parceiros, como costumam imaginar usuários menos familiarizados com o programa. Como dissemos, a precificação é dinâmica e, a despeito de ter separado vagas em determinada data para parceiros, a depender da procura, datas coincidentes com vagas em parceiros – liberadas com antecedência – podem estar com preços elevados no próprio Flying Blue.

Para esse resgate especificamente, o piso é de 50.000 milhas por trecho, o que é bem razoável, considerando o voo de quase 9h, além do acesso ao lounge. Na Promo Rewards do mês de dezembro, a rota está oferecendo 25% de desconto. Some-se a isso à excelente promoção atual de venda de pontos com bônus e verá que o resultado final é um preço muito interessante, considerando que estamos falando de uma viagem premium, de ponta a ponta.


Como fazer essa emissão?

Encontrando disponibilidade

O Flying Blue permite resgatar online, não apenas os voos próprios, mas de todos os parceiros, quer SkyTeam ou bilaterais, o que é uma grande vantagem do programa. Caso necessite de resgates mais elaborados ou ocorra algum bug para finalizar a emissão, é possível pesquisar no site e realizar o resgate através do call center.

Realizando a emissão

Realizada a pesquisa, basta selecionar o voo, preencher os dados do passageiro e conferir os detalhes. Feito isso, o último passo é apenas preencher os dados de pagamento e finalizar o resgate. Simples, intuitivo e rápido.

Vale observa que tanto é possível voar apenas Air France, quanto desviar por AMS e voar o último trecho com a KLM.


Como otimizar essa emissão?

Apesar de termos acesso ao programa franco-neerlandês, tanto pela Livelo, quanto pelo MR dos AMEX-Santander, a melhor opção de momento é a compra bonificada de pontos ao custo médio de R$ 75, aproximadamente. Com esse CPM, precisaríamos investir R$ 2.812, aproximadamente, para obter as 37.500 milhas necessárias para o resgate.

Diferença para a tarifa comercial

Quando comparamos o custo desse bilhete award, com o valor da passagem pagante, podemos constatar quão vantajoso é esse Resgate de Primeira:

Como se vê, a passagem pagante custa cerca de 16,2 mil reais + taxas. Além disso, as mesmas taxas cobradas no resgate award são replicadas no bilhete pagante, inclusive a YQ, o que permite apurar a real diferença líquida entre o valor do bilhete award e comercial. Mesmo quando cotada a passagem de ida e volta (Round-Trip), a diferença se manteve elevado. Portanto, fica claro que o custo de geração das milhas é inferior a 20% do valor pagante, o que é excepcional!


Quais companhias posso voar?

Como falado, além da viagem pura Air France, outra opção interessante seria voar Air France CDG-AMS com a Air France, seguindo AMS-YYZ com a KLM.


Fatores a considerar

  • Precificação dinâmica : Infelizmente, numa ampla pesquisa, encontramos poucas datas com a tarifa mais baixa. Na maioria das datas, os resgates partem de valores superiores a 200 mil milhas, dado que a precificação é dinâmica; e
  • Promoção de venda de pontos bonificada acaba em 21 de dezembro: Como mencionamos, o melhor custo de momento para aquisição de milhas Flying Blue, está na campanha promocional de venda de pontos com bônus de até 100%. Acaso tenha se interessado pelo resgate (ou outro), atente para o fato de que a promoção segue ativa apenas até o próximo dia 21 de dezembro (embora tenha havido com certa frequência). Passada essa, restará a opção do Merbership Rewards do AMEX-Santander, que transfere na taxa 1:1, já que Livelo, com taxa de 3,5:1, fica inviável. Infelizmente, os custos de geração estão elevados através de taxas de aplicativos de pagamento;
  • Viagem é um dos melhores investimentos que podemos fazer: Viajar é uma experiência emocionante e enriquecedora. Quando temos a chance de desfrutar de benefícios especiais, como resgatar passagens com milhas para voar em cabines premium, a aventura se torna ainda mais memorável. Se você está em busca de uma oportunidade para voar com conforto e estilo, essa é mais uma das ótimas dicas que compartilhamos com você semanalmente.

Comentário

Este é mais um bom caso das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como falamos no post inicial dessa série semanal. Nesta matéria, por exemplo, trouxemos uma boa oportunidade de uso das milhas do programa Flying Blue, para voar na Classe Executiva da Air France entre Europa e América do Norte.

É, sem dúvida, um dos bons resgates do nosso universo de milhas e pontos!

E você, já conseguiu aproveitar essa excelente emissão do Flying Blue?


☞ confira alguns resgates publicados:

Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 330.000 milhas em 12 meses + benefícios exclusivos para viajar!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 500 pontos extras na hora!
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Hotéis
Hotéis5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2025!
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.