fbpx

Emitindo passagens para as Maldivas em Executiva na promoção da British Airways – Leitor de Primeira

Leitor de Primeira Notícias

Por Alexandre Zylberstajn

Hoje no quadro #LeitorDePrimeira vamos ler o relato da a excelente emissão do Dymitri, que foi rápido no gatilho e aproveitou a promoção de 50% de desconto da British Airways, divulgada aqui no Passageiro de Primeira ontem!

Alias, esse é o segundo relato do Dymitri, que já participou do quadro contando como ele emitiu uma passagem em classe executiva da LATAM para seu bebê pagando apenas 10% da tarifa.

Outra coisa super legal e que comunicaremos com detalhes na hora certa, é que os próximos post do Dymitri devem ser “do outro lado da telinha”. Em breve ele se juntará a nossa equipe #aguardem 😉


Relato de Primeira

Boa noite a todos!

Hoje eu farei um relato baseado na notícia, veiculada mais cedo e em primeira mão pelo Passageiro de Primeira, de que a British Airways havia lançado uma super promoção para a emissão de passagens aéreas com milhas. É válido ressaltar, de antemão, que as milhas são chamadas de avios nos programas de fidelidade da British Airways e da Iberia. Basicamente, segundo a notícia em questão, os preços dos voos emitidos com avios estão com incríveis 50% de desconto para voos de longa distância, e o melhor: não há restrição de classe, podendo ser emitidas inclusive passagens aéreas em Primeira Classe! Além disso, também não há restrição sazonal, ou seja, os voos podem ser feitos tanto em baixa temporada (off peak season) quanto em alta temporada (peak season). Perfeito! A única restrição é que os voos devem ser realizados entre os dias 06 de Outubro de 2020 e 30 de Junho de 2021, com as passagens sendo emitidas até o dia 13 de Outubro de 2020. Para maiores detalhes, o Dérek escreveu um post super completo aqui.

A volta ao mundo frustrada…

No início deste ano eu havia reservado três bilhetes de volta ao mundo com cias aéreas da Star Alliance, utilizando milhas do programa de fidelidade Miles&Go da TAP. Seriam 10 voos em classe executiva para mim, minha esposa e nosso bebê, passando por 10 países em 4 continentes. Cada bilhete de volta ao mundo havia custado 350 mil milhas no total, ou seja, seria uma viagem sensacional! O Fábio fez um excelente post sobre emissões de passagens aéreas com o Miles & Go, o qual inclui as regras para essa volta ao mundo, além das emissões mais “normais” que podem ser feitas com o programa, vamos assim dizer. Esse post do Fábio pode ser acessado aqui. Além disso, o Passageiro de Primeira frequentemente ensina a todos como emitir esse fantástico bilhete de volta ao mundo da Star Alliance através da combinação de várias promoções, como pode ser visto por exemplo aqui. Não preciso nem dizer para todos ficarem antenados nos conteúdos do Passageiro de Primeira para aproveitar essas oportunidades fantásticas, não é mesmo?!

Devido a COVID-19, todos os países que eu iria visitar estão até o momento com as fronteiras fechadas, e um dos meus 10 voos acabou sendo cancelado em setembro, de modo que todas as reservas foram canceladas e as milhas foram devolvidas para a minha conta. Foi um balde de água fria enorme!

Nunca desista e dê a volta por cima…

Desde setembro eu estava então monitorando eventuais promoções para emitir novas passagens para as férias do final do ano, mas sempre atento às restrições de viagem impostas pelos países atualmente. Para verificar essas restrições, utilizo uma ferramenta fantástica chamada Sherpa, a qual o Lorenzo mostrou em um post que pode ser encontrado aqui. Conforme exibido no Sherpa, o trânsito em alguns países é permitido, por exemplo na Inglaterra (Reino Unido).

O Sherpa também informa que as Maldivas permitem a entrada de brasileiros, desde que apresentem um resultado negativo para o exame PCR realizado em até 72h antes da chegada ao país.

Maldivas: um sonho possível!

Ao ver a promoção da British Airways eu não pensei duas vezes, corri para buscar passagens para as Maldivas e bingo! Encontrei disponibilidade para 3 passageiros em classe executiva de São Paulo até Malé, capital das Maldivas, com conexão em Londres! Em termos de códigos IATA, os voos são os seguintes: GRU – LHR e LHR – MLE. Eu utilizei o Expert Flyer para agilizar a busca em várias datas próximas de maneira simples e rápida, mas poderia ter ido pesquisar diretamente no site da British Airways. O Fábio já escreveu diversas vezes no Passageiro de Primeira tutoriais sobre o uso do Expert Flyer, como pode ser encontrado por exemplo aqui. Para adaptar o tutorial do Fábio para passagens da British Airways, basta que se procurem pelas classes Z (primeira classe), U (classe executiva) e/ou X (classe econômica).

Encontradas as 3 disponibilidades em classe executiva, fui então verificar quantas milhas seriam necessárias para emitir os voos e me deparei com o valor de 247.500 avios no site da British Airways, exatamente a metade do valor dessas mesma passagens no site da Iberia!

Não há sequer o que se discutir: a promoção é excelente e veio em boa hora! 😊Antes de emitir as passagens pelo Executive Club, porém, eu precisava realizar um procedimento super importante: transferir avios da Iberia para a British Airways. Isso mesmo: a Iberia, através do seu programa de fidelidade Iberia Plus, e a British Airways, através do seu programa de fidelidade Executive Club, compartilham avios entre os programas. Isso é uma verdadeira mão na roda, pois você consegue transferir de forma online e instantânea os seus avios entre uma conta e outra, na hora que quiser! A única restrição é que você deve ter criado as contas em ambos os programas de fidelidade há pelo menos 90 dias. Nesse post o Fábio ensinou como realizar o procedimento que eu descrevi. Tive que fazer isso porque eu não tinha avios suficientes na minha conta do Executive Club, mas tinha avios mais do que suficientes na conta da Iberia.

Uma vez com os avios suficientes na conta do Executive Club, era chegada a hora de emitir as tão sonhadas passagens para as Maldivas! Existe um “paranauê”, como bem lembrou o Dérek no post que motivou este relato, para que consigamos emitir online as passagens aéreas com origem no Brasil. Esse post aqui explica mais detalhadamente como fazer a emissão. Escolhi pagar as taxas de embarque pelo Paypal, no total de U$ 210,93. Levando-se em consideração que são 3 passageiros em classe executiva e que as taxas de embarque no aeroporto Heathrow em Londres costumam ser bem salgadas, achei o valor total excelente!

Conhecer as Maldivas é um sonho que eu tenho há anos e que finalmente irei realizar! Mal posso esperar para chegar naquele mar azul turquesa e curtir um belíssimo bangalô sobre as águas, afinal sonhos são para serem realizados, não é mesmo?!

Comentários Finais

Para o meu perfil de viajante, os melhores programas de fidelidade são o Iberia Plus (IP) e o Executive Club (EC). Considero muito justa a precificação desses dois programas de fidelidade, por ser baseada na distância voada. Além disso, a tabela de resgates é bastante transparente ao definir com clareza os períodos de baixa e alta temporada (Off Peak e Peak), com preços de resgates convidativos, como por exemplo o excelente resgate na classe executiva da Iberia entre Guarulhos e Madri (GRU – MAD) por apenas 42.500 avios em baixa temporada (veja esse post do Ale aqui). Outro excelente resgate é a ida e volta entre Brasília e Miami (BSB – MIA – BSB) na classe executiva da American Airlines por apenas 100.000 avios (veja esse post aqui).

Cito como pontos muito positivos do IP e do EC o fato de conseguirmos realizar as emissões de passagens online(veja esse post do Ale falando exatamente sobre o tema “praticidade” nas emissões com milhas) sem a necessidade de ligações telefônicas para centrais de atendimento, além de termos acesso à geração de avios por um custo muito baixo no Brasil. O principal método de acúmulo de avios sem dúvidas é o programa Santander Esfera, que transfere pontos para o Iberia Plus na proporção 1:1. As constantes promoções “Bateu Ganhou” do banco Santander (veja esse post aqui), tais quais a atual, permitem turbinar o acúmulo de pontos no Santander Esfera, que posteriormente podem ser transferidos para o Iberia Plus a partir de 15.000 pontos. O custo de geração dos avios através de promoções como essa acaba ficando muito interessante. Além disso, pudemos aproveitar alguns meses de geração de muitos avios grátis pagando boletos no Santander, conforme exibido nesse post aqui. Uma vez que boa parte dos 247.500 avios que eu gastei nas passagens para as Maldivas vieram da promoção “Bateu Ganhou” de 2019 e do pagamento de boletos a custo zero, conforme supracitado, o custo das minhas passagens ficou beeeeem baixo! A título de curiosidade, se eu fosse comprar as passagens com dinheiro, o custo iria ficar enorme (U$ 12.929,93), então eu economizei muito dinheiro!

Não preciso nem dizer que acompanhando o Passageiro de Primeira é possível realizar sonhos incríveis, assim como eu vou realizar mais um agora, então vou soltar o grito: “Maldivas, ai vou eu!” 😊

Dymitri


Comentário

EXCELENTE!

O Dymitri estava com os pontos no programa certo, na hora certa e conseguiu aproveitar essa, que foi um das melhores promoções envolvendo o programa da British!

Ainda dá tempo de fazer uma emissão como a do Dymitri! Não deixem de ler a incrível postagem do Dérek ensinando tudo!

Parabéns por essa bela emissão e aproveite as Maldivas! 🙂


☞ confira os últimos relatos publicados:

Se você quer ter sua história aqui, siga as instruções deste post.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.