fbpx

Resgates de Primeira – Passagem do Brasil para o Havaí em Primeira Classe com milhas AAdvantage

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Como falamos na última postagem da segunda fase da série Resgates de Primeira, nessa terceira fase vamos mostrar boas oportunidades de resgates para voar em Primeira Classe usando milhas e pontos. O que temos no cardápio hoje é: Resgates de Primeira – Passagem do Brasil para o Havaí em Primeira Classe com milhas AAdvantage.

AAdvantage Primeira Classe Havaí

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: São Paulo x Honolulu (Havaí)
Programa: AAdvantage – American Airlines

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes.

Nessa terceira fase, vamos mostrar Resgate de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Muitos dos nossos leitores são membros do AAdvantage, da American Airlines, quer porque são portadores de cartões americanos, quer porque possuem o Cartão AAdvantage emitido pelo Santander. Aliás, no momento esse cartão está participando da ótima campanha Bateu, Ganhou!, que oferece até 6 pontos por dólar gasto na fatura.

Por isso, vamos começar esta fase com um resgate usando as milhas do programa AAdvantage.

É preciso registrar que os melhores sweetspots do programa de fidelidade da American Airlines, em regra, não envolvem os voos entre Brasil e América do Norte.

Contudo, como a precificação dinâmica do AAdvantage traz, não raramente, encontramos ótimas oportunidades de voar na Primeira Classe Internacional da companhia, com preços em milhas que chegam a ser mais baratos que os encontrados para passagens em Classe Executiva.

Em razão disso, vamos mostrar o resgate de uma viagem de São Paulo a Honolulu, no Havaí, com conexões em Miami e Los Angeles, na Primeira Classe da American Airlines.

Deve ser mencionado que a viagem terá pelo menos dois voos em wide-bodies equipados com a Flagship First Class Cabin (B777-300ER).

É bem verdade que a Primeira Classe da American Airlines não é exatamente um sonho de consumo dos viajantes frequentes, mas, por outro lado, é a única cabine de Primeira Classe hoje em operação na rota Brasil-América do Norte, razão por que entendemos deva ganhar lugar na nossa série.

Ademais, o voo que mostraremos traz duas grandes virtudes: 1) Permitir ir do Brasil até o Havai em cabine premium, algo raro de encontrar, inclusive, nos resgates com os parceiros do TAP Miles&Go; 2) Como o voo tem duas conexões nos Estados Unidos, e se trata de bilhete de Primeira Classe, permitirá acesso ao Flagship First Dining Lounge, exclusiva sala VIP de Primeira Classe da American Airlines, com serviço à la carte e bebidas de alto padrão.

  • Acesso ao Flagship First Dining Lounge em Miami e Los Angeles

Um dos grandes diferenciais dessa emissão é que além de garantir dois voos em cabines de Primeira Classe Internacional da American Airlines (B777-300-ER), permitirá acesso ao luxuoso e exclusivo Flagship First Dining, que oferece um serviço diferenciado, com restaurante à la carte e carta de vinhos diferenciada, inclusive a valiosa e premiada champagne Krug.

Para que você tenha idéia da exclusividade desse lounge, há apenas 4 deles em todos os Estados Unidos, nos aeropostos de Miami, Nova York, Dallas e Los Angeles.

Apenas passageiros voando na Primeira Classe Internacional ou em voos transcontinentais operados com tal cabine (apenas B777-300ER e A321T) chegando/partindo de algum desses aeroportos, têm acesso a esse lounge.

Alternativamente, a American Airlines começou a vender o acesso a esse lounge, aos passageiros habilitados a acessar o Flaship Lounge em que estão localizados esses Flaship First Dining Lounge, ao custo de US$150, como Lorenzo mostrou aqui em fevereiro de 2020.

Portanto, apenas considerando os dois acessos franqueados nessa viagem, estaríamos falando em um produto que teria o custo de US$300. Não entraremos no mérito se vale ou não à pena tal valor, mas é o que cobra a companhia e certamente há quem entende que vale pagar.

Deve-se registrar, contudo, que em razão do impacto da crise sanitária sobre os voos internacionais, principal foco desses lounges, os mesmos encontram-se temporariamente fechados.


Quanto custa essa emissão?

Como sabemos, enquanto a American Airlines tarifa os voos operados por parceiros com base em tabela fixa, para os voos próprios a empresa adota uma precificação dinâmica.

Além disso, tem feito ofertas agressivas de preços, nas promoções denominadas tarifa Oferta Web, com ofertas de vaga em algumas datas durante praticamente todo o calendário.

No caso do nosso resgate, o valor encontrado como Oferta Web foi de 60.500 milhas AAdvantage, o que é um valor excepcional, considerando os três voos em cabine premium até o Havaí, incluindo dois voos na cabine de Primeira Classe Internacional do B777-300ER.

A propósito, para uma visão geral abrangente sobre o programa AAdvantage, recomendamos a leitura da excelente matéria publicada aqui no PP pelo Lorenzo, sob o título: O Guia Completo do American Airlines AAdvantage.

Esse não é apenas o menor número absoluto em milhas para voar até o Havaí em Primeira Classe, como o único meio possível de voar em tal cabine, uma vez que a American Airlines, como falamos, é a única companhia aérea que continua operando First Class em voos entre América do Sul – América do Norte.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade

Como sabemos, o AAdvantage é um dos programa de fidelidade em que a grande maioria do acervo é acessível nas pesquisas online, tanto para voos próprios quanto para parceiros.

A presente emissão, inclusive, tem tratamento 100% online, desde a pesquisa até a emissão. Há casos, contudo, em que você precisará contatar a central.

É o caso, por exemplo, de voos de/para o Brasil, em que você pode incluir o trecho interno na GOL Linhas Aéreas, sem qualquer custo adicional, mas pra fazer isso será necessário realizar o resgate pelo call center.

Mas não se intimide. É quase uma unanimidade que o call center do American Airlines AAdvantage, presta um serviço de excelência.

  • Realizando a emissão

Realizada a pesquisa e encontrado o resultado, basta selecionar os voos preferidos e seguir para finalização, tudo online.

AAdvantage Primeira Classe Havaí

Como você vê, na nossa escolha acima, os dois primeiros voos são operados pelo B777 – embora os detalhes não apareçam na imagem, ao clicar sobre o item, confirmamos que se tratam, em ambos os voos, do B777-300ER, equipado com a Primeira Classe Internacional – o que assegura uma experiência diferenciada até Los Angeles, pelo menos.


Como otimizar essa emissão?

O gargalo dessa emissão, que é excelente, pode estar nas dificuldades de gerar e alto valor das milhas AAdvantage. Recorde que mencionamos que as milhas AAdvantage são um ativo valioso.

A despeito disso, vamos tentar mostrar alternativas razoáveis de gerar essas milhas.

  • Compra de milhas com desconto

Em comemoração aos 40 anos do programa AAdvantage, está sendo concedido um desconto efetivo de 40% na compra de milhas AAdvantage até hoje (30/04).

O problema, como se vê, é que as milhas AAdvantage são extremamente valiosas. Mesmo com a aplicação dos 40% de desconto, um dos melhores já vistos, o milheiro ainda custa acima de US$19, ou mais de R$110.

Apesar desse alto custo de aquisição, as 60,5 mil milhas necessárias para essa emissão, custariam cerca de R$6.655 o que é um valor bem melhor do que a passagem pagante.

AAdvantage Primeira Classe Havaí

  • Gerando milhas no cartão de crédito

Essa, sem dúvida, a maneira mais barata e racional de gerar milhas AAdvantage.

Para quem tem acesso aos cartões americanos, não raro há pomposos bônus de assinatura oferecidos pelo Citi, que emite o co-branded nos Estados Unidos, além do Barclays.

No mercado brasileiro, a única maneira de gerar pontos através do cartão de crédito, é usando o co-branded Santander AAdvantage, lançado pelo banco espanhol no Brasil em 2017.

Aliás, como o banco tem oferecido uma boa taxa de conversão para esse cartão, em suas últimas campanhas Bateu, Ganhou!, onde é possível acumular até 6 milhas AAdvantage por dólar gasto, na versão AAdvantage Black, essa é, de longe, a forma mais eficiente de gerar essas milhas valiosas.

Com isso, tem sido vantajoso até mesmo pagar as salgadas tarifas dos aplicativos de pagamento, para pagar contas que em regra seriam debitadas em conta, para gerar gastos com esse cartão.

Imagine que você tenha um boleto de R$10 mil pra quitar. O lógico seria quitar o mesmo à vista, debitando do seu saldo bancário. Contudo, com a promoção, em que você poderá gerar cerca de 10 mil milhas pagando com cartão, faz sentido pagar R$299 (2,99%, na maioria dos aplicativos), para quitar referido boleto.

Fazendo isso, ao menos durante a fase promocional, é possível derrubar o valor do bloco de mil milhas para cerca de R$29, o que é excelente, considerando o alto valor agregado das milhas AAdvantage.

Acaso você consiga gerar todas as 60,5 mil milhas dessa emissão, através de pagamentos como o acima mostrado, o valor do bilhete do resgate de primeira (40 mil milhas AAdvantage), cairia para inacreditáveis R$1.754,50 + taxas. E ainda há como sair mais em conta, mas falaremos sobre isso em outra oportunidade…


Quais companhias posso voar?

Como estamos falando em emissão tirando vantagem da tarifa Oferta Web da American Airlines, que é exclusiva para os voos próprios, a companhia americana é a única opção de voo.

Ademais, como dissemos, ela também é a única que permite voar em Primeira Classe do Brasil América do Norte, então não há como fazer comparativo.

AAdvantage Primeira Classe Havaí

Detalhe para a poltrona giratória da Primeira Classe da American Airlines no B777-300ER.

Embora, como falamos ao começo, essa não seja a Primeira Classe dos sonhos, o valor que encontramos como Oferta Web, que se repete em diversos meses do calendário, faz a emissão ser merecedora de destaque nos nossos Resgates de Primeira.

E embora não possamos dizer que a cabine se equipara em luxo e conforto às similares do mercado, que mostraremos em outros resgates, podemos eleger essa poltrona giratória, que permite usar a mesa lateral para trabalhar, ou jantar face-to-face com seu parceiro de viagem, nas fileiras centrais, como um ponto de destaque na American Airlines Flagship First Class Cabin.


Fatores a considerar

  • Facilidade de emissão: como mencionamos no início, o programa AAdvantage tem uma das mais amigáveis plataforma de emissão de passagens com milhas, tanto para as emissões online, que são a maioria, quanto para os casos em que se precisa de atendimento do call center, que presta um serviço de excelência;
  • Valor promocional: o valor do nosso resgate é refente à tarifa especial Oferta Web, então não há garantia que os valores serão encontrados na sua data de interesse. Apesar disso, como mencionamos, têm sido oferecidas tarifas similares, ou com valor próximo, em algumas datas durante maior parte do calendário;
  • Estados Unidos continua fechado para viajantes vindos do Brasil: Embora o resgate simule uma viagem entre São Paulo e Honolulu (Havaí), recorde que os Estados Unidos continuam fechados para viajantes vindos do Brasil em viagens de turismo, sem perspectiva de reabertura recente;
  • Todos os Flagship First Dining Lounge seguem fechados: Uma das vantagens diferenciadas citadas nesse resgate de primeira, é o uso da sala VIP Flagship First Dining Lounge em Miami e Los Angeles. Lembre, entretanto, que esses lounges continuam fechados até o presente momento. Porém, não temos dúvida de que quando a viagem descrita estiver possível, após a reabertura dos Estados Unidos para os viajantes vindos do Brasil, esses lounges certamente já terão voltado a funcionar regularmente;
  • Custos simulados baseados em compra promocional de milhas e uso de cartão de crédito com bônus: como ficou registrado na matéria, quando simulamos os custos dessa emissão, precificando as formas de geração das milhas, levamos em consideração os valores da compra de milhas com 40% de desconto, na promoção de aniversário do AAdvantage, bem como o acúmulo especial do cartão de crédito AAdvantage Black, que está oferecendo 6 pontos por dólar na atual campanha Bateu, Ganhou.

Comentário

Esse é mais um bom exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como falamos no post inicial dessa série semanal.

Esteja certo que teremos incontáveis encontros nas próximas sextas-feiras, pois há muitas emissões interessantes a mostrar.

Como dito no início da série, optamos por abordar apenas uma boa emissão por semana, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

Repetimos o que já dissemos antes, que embora a Primeira Classe da American Airlines não esteja no mesmo padrão das companhias que mostraremos em outros resgates, a oportunidade trazida pela Tarifa Web, torna a emissão bastante interessante, razão por que abrimos essa nova fase com a mesma.

E você, já conseguiu aproveitar essa excelente emissão do AAdvantage?


Confira os Resgates de Primeira publicados!

Primeira fase

Segunda fase

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.