fbpx

Resgates de Primeira – Passagem em Classe Executiva do Japão para a Rússia com Avios do Executive Club

Programas de fidelidade Resgates de Primeira

Por Raimundo Junior

Nas últimas semanas, voltamos a mostrar resgates em Classe Executiva, sem nos importar se são voos curtos de ligação intra-país/região, ou voos intercontinentais, que eram o foco das fases passadas, usando milhas e pontos. O que temos no cardápio hoje é: Resgates de Primeira – Passagem de Tóquio (Japão), para Vladivostok (Rússia), na Classe Executiva da JAL – Japan Airlines, usando Avios do Executive Club, da British Airways.

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: Tóquio x Vladivostok
Programa: Executive Club – British Airways

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras duas fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessa últimas, voltamos a mostrar o resgate de viagens em Classe Executiva que apresentem custo x benefício acima da média. Por isso, hoje vamos aproveitamos para mostrar um resgate que destaca a potencialidade dos resgates no Executive Club para “pular” de regiões em viagens curtas, gastando poucos Avios.

Como sabemos, a Rússia não é apenas o maior país do mundo em território, como também um país transcontinental, ou seja, estende-se para mais de um continente, no caso, Europa e Ásia.

Em verdade, a maior parte do vasto território russo (que é superior a 10% da área de terra do planeta), situa-se no continente asiático, fazendo, inclusive, fronteira marítima com o Japão. Em função disso, embora Moscou esteja a quase 4.700 milhas de distância de Tóquio, a cidade de Vladivostock (ou Vladivostoque, em Português), situa-se a menos de 700 milhas da capital japonesa.

Como a JAL – Japan Airlines, que é parceira do Executive Club, opera o voo direto NRT-VVO, cuja distância é de apenas 685 milhas, essa é uma excelente oportunidade de tirar proveito do baixo número de Avios requeridos para voos de curta distância, para mudar de região, já que para o setor aéreo, não importa a região da Rússia, o país é enquadrado como Europa.

E além de poder realizar algum bom resgate com parceiros que utilizam tabela de região, como AAdvantage, você vai poder embarcar no lendário Expresso Transiberiano, numa viagem exótica de uma semana até Moscou, já que a cidade de Vladivostok é a parada final dessa girantesca rota ferroviária.

Não é uma viagem barata, mas vencer os mais de 9.200 km que separam Vladivostok de Moscow – maior viagem de trem do mundo em uma única ferrovia – descortiando paisagens tão variadas quanto magníficas, está no bucket-list desse editor, por isso esse resgate desde Tóquio parece uma ótima pedida.

Lamentavelmente, a JAL tem operado a rota com o 737-800, com Classe Executiva equipada com o Skylux Recliner Seat. Embora seja uma cabine bem razoável para o modelo de avião, não se compara com a excepcional Classe Executiva que equipa os Boeing 787-9 Dreamliner, que a companhia usa para outros voos curtos intra-Ásia, e até para rotas domésticas. De todo modo, leve em conta que se trata de um voo curto (2:25h), operado durante o dia. O bom é saber que na hora do almoço, você terá uma refeição padrão JAL, como mostram os reviews da rota em blogs internacionais.

O voo parte do Aeroporto Internacional Tokyo Narita e os passageiros voando na JAL Business Class têm acesso ao maravilhoso Japan Airlines Sakura Lounge daquele aeroporto, como mostramos no resgate da última semana.


Quanto custa essa emissão?

Sabendo que o programa Executive Club, da British Airways, tem tabela de emissões baseada em distância em milhas, a primeira informação que precisamos saber, é a distância entre Tóquio e Vladivostok. Consultando o Great Circle Mapper (saiba como utilizá-lo nesse guia), constatamos que a distância é a seguinte:

Depois, vamos conferir a tabela de resgates do British Executive Club, baseada nessa distância.

Como vemos, a distância se enquadra na segunda zona (faixa) da tabela, em que seriam cobrados 16,5 mil Avios (em verdade, a tabela foi inflacionada às escondidas pelo EC, e hoje essa faixa cobra 24 mil Avios para viajar na JAL e 25 mil Avios para voar Cathay Pacific, como mostramos aqui).

Ainda assim, esse é, com absoluta certeza, o menor números absoluto em milhas para voar da Ásia para a Europa em Classe Executiva. Apenas como referência, o excelente programa AAdvantage, da American Airlines, cobra 75 mil milhas para voar entre essas regiões, independentemente da distância.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade

O Executive Club é um dos programas de fidelidade em que o acervo é acessível nas pesquisas online, tanto para voos próprios quanto para parceiros.

A presente emissão, portanto, tem tratamento 100% online, desde a pesquisa até a emissão.

  • Realizando a emissão

Realizada a pesquisa e encontrado o resultado, basta selecionar os voos preferidos e seguir para finalização, tudo online.

Como você vê, na nossa escolha acima, trata-se de um voo que não traz a melhor eficiência no uso dos Avios, pois a distância entre Tóquio e Vladivostok está logo acima da primeira zona (até 650 milhas), mas pode ser considerado excepcional, levando em consideração a mudança de região, com o uso de 24 mil Avios, para voar na JAL Business.


Como otimizar essa emissão?

O gargalo dessa emissão, que é excelente, pode estar nas dificuldades de gerar e alto valor dos Avios no mercado internacional.

Embora essa seja uma emissão em que se usa uma quantidade baixa de milhas (Avios), só é uma boa oportunidade para quem consegue gerar os valiosos Avios a baixo custo, algo raro depois que a Esfera alterou a ratio de transferência de 1:1, para 2:1, ou seja, 2 pontos Esfera passaram a ser convertidos em 1 Avio.

Um dos maiores portais do mercado internacional de milhas, hospedagens e pontos, divulga uma avaliação mensal de quanto valem as milhas. Na avaliação desse mês de agosto de 2021, o TPG (The Points Guy) atribui o valor de 1,5 cents de dólar por Avio. Convertendo-se esse valor para real, teríamos 8,13 centavos por Avios, ou R$ 81,30 por milheiro de Avios.

A despeito disso, vamos tentar mostrar alternativas razoáveis de gerar essas milhas.

  • Compra de pontos Livelo e Esfera com desconto

Mesmo nas melhores promoções de compras de pontos Livelo e/ou Esfera, em que chegam a ser oferecidos 50% de desconto, como mostramos aqui no PP (Livelo e Esfera), ao custo de 35 reais o lote de mil pontos, dada a taxa de conversão de 2:1 de ambos os programas, teremos o bloco de mil Avios custanto 70 reais.

Apesar desse alto custo de aquisição nessa modalidade, os 24 mil Avios necessários para essa emissão, custariam cerca de R$1.680, o que é um valor bem melhor do que a passagem pagante, em que são cobrados mais de 12,1 mil reais pelo mesmo voo.


Quais companhias posso voar?

Em tese, você poderia emitir essa viagem com outro parceiro oneworld do Executive Club, a companhia russa S7. Entretanto, não encontramos qualquer disponibilidade nas nossas pesquisas online, nos voos entre Narita e Vladivostok.

Além disso, o voo também seria operado no Boeing 737, não trazendo uma experiência superior à oferecida pela JAL.


Fatores a considerar

  • Facilidade de emissão: como mencionamos no início, o programa Executive Club, da British Airways, tem uma das mais amigáveis plataforma de emissão de passagens com milhas (avios), totalmente online;
  • Tabela fixa: esse é um ponto bastante positivo do programa da companhia britânica – assim como das demais empresa do grupo IAG que operam com Avios – que precifica em valores fixos os voos de acordo com a distância. Não haverá surpresa sobre o valor do resgate, em função da maior ou menor ocupação. Mesmo com o recente aumento feito às escuras pelo programa, a faixa 2, em que esse voo está situada, ainda oferece um custo x benefício bastante razoável, sobretudo levando em conta as características especiais dessa rota;
  • Japão e Rússia continuam fechados para viajantes vindos do Brasil: embora o resgate simule uma viagem entre Tóquio e Vladivostok, na Rússia, recorde que tanto Japão quanto Rússia continuam fechados para viajantes vindos do Brasil a turismo, sem perspectiva de reabertura recente (sobretudo o Japão). Aliás, ambos os países também estão fechados entre si, de modo que no momento não seria possível viajar do Japão para a Rússia e vice-versa, a turismo. Contudo, nossa simulação é para uma viagem em maio de 2022. Até lá, há fundadas perspectivas que as fronteiras estejam reabertas;
  • Custos simulados baseados em compra promocional de pontos: como ficou registrado na matéria, quando simulamos os custos dessa emissão, precificando as formas de geração das milhas, levamos em consideração os valores da compra de pontos Livelo e Esfera com 50% de desconto, como ocorrido na promoção de aniversário da Livelo, em junho passado, e na promoção da Esfera feita no início da semana passada. Não temos certeza de quando voltará a ser realizada promoção com esse percentual.

Comentário

Esse é mais um bom exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, como registramos no post inicial dessa série semanal.

Como falamos nos resgates anteriores dessa fase, acaso queira ver alguma rota/voo que tenha interesse/curiosidade, favor informar nos comentários, que poderemos tentar encaixar nas próximas publicações.

Lembre que nessa série, optamos por abordar apenas uma boa emissão por semana, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

Esse, sem dúvida, é mais um dos bons resgates do nosso universo de milhas e pontos, sobretudo por considerar a mudança de região aérea.

E você, tem curiosidade de fazer esse resgate no Executive Club?


Confira os Resgates de Primeira publicados!

Primeira fase

Segunda fase

Terceira fase

Quarta fase

Hotéis com Desconto + Selos
Hotéis com Desconto + Selos
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2022!
Hotéis com Desconto
Hotéis com Desconto
8% de desconto em estadias até 31 de março de 2022!
Seguro Viagem com Desconto
Seguro Viagem com Desconto
Desconto especial no seu Seguro Viagem!
Compras com Desconto
Compras com Desconto
5% de desconto em itens vendidos e entregues pelo Magalu!
Clube de Milhas
Clube de Milhas
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Ver todos os cupons

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

10 anos! O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.